Goiano: Após saída de Luizinho Vieira, ex-técnico do Goiás assume o Itumbiara

Aos 46 anos, Sílvio Criciúma assume o Gigante do Vale com a missão de classificar o clube para as semifinais do estadual

por Agência Futebol Interior

Itumbiara, GO, 07 (AFI) - Zagueiro de respeito na época de jogador, Sílvio Criciúma é o novo técnico do Itumbiara. Aos 46 anos de idade, ele chega para a vaga de Luizinho Vieira, que pediu demissão após a derrota em casa para a Anapolina, por 4 a 1, na última segunda (05). A missão do novo comandante do Gigante do Vale será recuperar o ânimo do elenco e levar o Gigante do Vale às semifinais. No momento, o time é o 4ª colocado no Grupo A, quatro pontos atrás do Iporá, primeiro time dentro do G3.

Sílvio Criciúma é o novo técnico do Itumbiara (Rosiron Rodrigues / Goiás E.C)
Sílvio Criciúma é o novo técnico do Itumbiara (Rosiron Rodrigues / Goiás E.C)
Sílvio Criciúma atua como treinador desde 2014, quando dirigiu o Criciúma, clube do qual leva o nome, além de ter encerrado lá, uma respeitosa carreira como jogador profissional. Posteriormente, o treinador teve uma experiência no também catarinense Atlético Ibirama, antes de iniciar uma série de trabalhos em Goiás.

O primeiro clube goiano de sua carreira foi o Trindade, em 2015. A partir daí, ele já passou por Aparecidense, Anapolina e Goiás, onde viveu seu melhor momento, conquistando o estadual do ano passado.
CLIQUE AQUI E CONFIRA MAIS DETALHES SOBRE SÍLVIO CRICIÚMA!

A estreia pelo Gigante do Vale será no próximo sábado (10), quando o clube visita o Atlético-GO, às 16h30, no Estádio Olímpico, na capital goiana.

PEDIU O BONÉ...
Criciúma chega para vaga de Luizinho Vieira, que pediu demissão na última segunda. Em entrevista ao Porta 730, ele revelou que não tinha condições de permanecer após o último revés.

“Eu pedi demissão, foi uma opção minha. Nós criamos um vínculo muito bom de trabalho aqui desde o ano passado, mas o momento é propício a isso. Até pela derrota para a Anapolina não tem como sustentar”, afirmou.

Vieira deixa o Gigante do Vale com um total de 26 disputados, tendo conquistado apenas seis vitórias, das quais uma foi em 2018, ano no qual ainda acumula um empate e quatro derrotas.

 
 
" />