Série D: "Ronaldinho Gaúcho assinaria meu gol", diz meia do Ituano após vitória

O Galo de Itu recebeu a Caldense-MG, domingo, no Novelli Júnior, em Itu (SP), e venceu o primeiro jogo da segunda fase por 2 a 1

por Agência Futebol Interior

Itu, SP, 17 (AFI) - O Ituano-SP recebeu a Caldense-MG, domingo, no Novelli Júnior, em Itu (SP), e venceu o primeiro jogo da segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D por 2 a 1, garantindo pequena vantagem para a partida de volta.

Um dos destaques do confronto foi Marquinho, que anotou o primeiro gol, aos sete minutos da etapa inicial, após bela jogada individual pelo lado direito.

“O Ronaldinho Gaúcho assinaria meu gol. Foi um bonito gol. Fiquei muito feliz em marcar o meu primeiro gol. Com certeza foi minha melhor partida. Foi o jogo que me senti muito à vontade. O professor Vinícius trabalhou muito nesta semana para fazermos um bom jogo. Sei que posso melhorar ainda mais, e tenho total confiança nisso”, assegurou o meia, que fez o sexto jogo pelo Galo de Itu.

Espaço incorporado por HTML (embed)

NA FRENTE
O técnico Vinicius Bergantin analisou a partida, contando quais foram os pontos positivos do time rubro-negro. Ele ainda projetou o jogo decisivo

“É uma vantagem mínima. Nós construímos com bastante dedicação, disciplina tática e concentração. Vantagem existe, mas não é para comemorar. Nós sabíamos que este confronto com a Caldense não seria decidido neste primeiro jogo. Temos que ter maturidade e coragem para saber jogar este segundo jogo decisivo”, afirmou.

E O ADVERSÁRIO?
Para o experiente volante Corrêa, o Ituano precisa valorizar a vantagem, mas pediu atenção aos jogos eliminatórios, os quais têm componentes próprios.

Foto: Miguel Schincariol
Foto: Miguel Schincariol

No próximo final de semana, as equipes se enfrentam no Ronaldão, em Poços de Caldas (MG). Vitória mineira por um gol de diferença levará a disputa para as penalidades máximas.

“Toda vantagem é uma vantagem. Claro que poderia ser maior. A Caldense é um adversário difícil. Tem uma equipe jovem, que joga quando tem a bola. Padrão de jogo interessante. Fomos inteligentes. Soubemos sofrer um bom tempo da partida. Criamos chances para ter um placar maior. São os ingredientes deste jogo de mata-mata. Ele é diferente. Independentemente do resultado deste jogo nos sabíamos que a definição seria em Poços de Caldas. A atmosfera é essa e estamos cientes que fizemos coisas boas neste jogo em casa”, disse.