Após salvação, Lincom termina como herói no Ituano

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 08 (AFI) – Os pentacampeões mundiais pela seleção brasileira, Juninho Paulista e Roque Júnior, roubaram a cena, na quarta-feira à noite, no Estádio do Canindé. Eles marcaram um gol cada, na espetacular virada do Ituano sobre a Portuguesa, por 3 a 2, pela 19.ª rodada do Campeonato Paulista. Mas quem também chamou atenção foi Lincom (foto), que deixou sua marca, além de contribuir com grande movimentação durante todo o jogo.

Leia mais:
BOMBA! "Novo Íbis" é banido do futebol por má campanha

“Fiz uma grande partida, e consegui fazer o gol de empate, dando mais motivação para os jogadores, e arrancamos rumo à vitória, e à fuga do rebaixamento. Sou muito grato por tudo o que aconteceu aqui, no primeiro semestre”, afirmou o artilheiro.

Lingol, como é conhecido, é o maior artilheiro da história do Rio Branco, com 35 gols, um a mais que o segundo colocado, Marcelinho Paraíba, que atualmente defende o São Paulo.

Origem humilde
O atacante nascido em Birigui trabalhava como servente de carpinteiro antes de iniciar no Lemense. Depois disso, Lincom passou por vários clubes, como Matonense, Portuguesa Santista, Westerloo, da Bélgica, CRAC-GO, antes de chegar ao Rio Branco, e estourar para o resto do Brasil.

A vitória (O time vinha de cinco derrotas consecutivas) livrou o time do interior do rebaixamento e marcou a despedida de Juninho Paulista do futebol, porque ele antecipou que vai mesmo pendurar a chuteira aos 37 anos. O Ituano terminou a fase inicial com 22 pontos, em 13º lugar.

 
 
" />