Italiano: Jogadores do Cagliari abrem mão do salário de abril por causa da pandemia

O presidente do clube, Tommaso Giulini, agradeceu aos jogadores "por sua sensibilidade"

por Agência Estado

São Paulo, SP, 11 - Os jogadores do Cagliari abriram mão do salário de abril para ajudar o clube da Serie A, que está enfrentando dificuldades financeiras devido à pandemia de coronavírus. O presidente do clube, Tommaso Giulini, agradeceu aos jogadores "por sua sensibilidade em querer contribuir concretamente para proteger o clube diante de um futuro particularmente complicado e difícil de prever".

"Conforme solicitado pelos signatários do documento, este acordo contribuirá para uma redução drástica nas demissões de funcionários do clube", afirmou o clube da Sardenha, em nova oficial.

Jogadores de várias equipes da Série A, como Juventus, Roma e Parma, chegaram a um acordo com seus times para reduzir seus salários a fim de ajudar financeiramente os clubes no momento em que a competição foi suspensa em meados de março. A pandemia causou quase 31.000 mortes na Itália.

Jogadores do Cagliari abriu a mão do salário
Jogadores do Cagliari abriu a mão do salário
TRABALHO
Sem jogos há quase dois meses, os clubes italianos estão trabalhando pela retomada do campeonato, e os treinamentos coletivos deverão retornar a partir do dia 18.

Quando o Campeonato Italiano foi paralisado, o Cagliari ocupava a 12.ª colocação, com 32 pontos, com oito vitórias, oito empates e nove derrotas.