ITALIANO: Cagliari cede empate ao Lecce e perde chance de assumir 3º lugar

A movimentada partida contou ainda com três expulsões, dois pênaltis e um gol de brasileiro

por Agência Estado

Campinas, SP, 25 - Uma das sensações do Campeonato Italiano, o Cagliari desperdiçou grande oportunidade nesta segunda-feira de se aproximar ainda mais dos líderes da tabela. Em jogo adiado de domingo, o time abriu 2 a 0 sobre o Lecce, fora de casa, mas cedeu o empate por 2 a 2 ao sofrer os gols nos minutos finais da partida, válida pela 13ª rodada.

PARTIDA MOVIMENTADA
João Pedro comemorando seu gol marcado pelo Cagliari
João Pedro comemorando seu gol marcado pelo Cagliari

A movimentada partida contou ainda com três expulsões, dois pênaltis e um gol de brasileiro.

O duelo estava agendado inicialmente para domingo, mas as chuvas fortes encharcaram o gramado do Lecce, inviabilizando a realização da partida, adiada para esta segunda.

CHANCE DESPERDIÇADA

Uma vitória levaria o Cagliari para o terceiro lugar da tabela. Mas, diante do empate, o time chegou aos 25 pontos e teve que se contentar com o quarto lugar, ainda dentro da zona de classificação para a próxima Liga dos Campeões. O Lecce, por sua vez, soma 11 pontos e figura na 17ª colocação, na beira da zona de rebaixamento.

JOGO

Jogando fora de casa, o Cagliari abriu o placar aos 30 minutos, em cobrança de pênalti de João Pedro, meio-campista com passagem pelo Santos e pela base do Atlético-MG. No segundo tempo, Radja Nainggolan ampliou a vantagem para os visitantes aos 22.

Mas a reta final prometia uma surpresa para a sensação do Italiano. A reviravolta no jogo começou com falta de Fabrizio Cacciatore dentro da área. Ele foi expulso e Gianluca Lapadula anotou o primeiro gol do Lecce, ao converter a penalidade.

DESENTENDIMENTO

Na sequência, um desentendimento no gramado causou as exclusões do mesmo Lapadula e do sueco Robin Olsen, do Cagliari, que passou a contar com apenas nove jogadores em campo. O time da casa soube aproveitar a vantagem numérica e decretou o empate no placar aos 46 minutos do segundo tempo, em finalização de Marco Calderoni.