Time do Paulistão oficializa Elano como treinador para 2020

A Internacional de Limeira vai apresentá-lo para imprensa na manhã desta quinta-feira

por Agência Futebol Interior

Limeira, SP, 07 (AFI) - O mistério acabou! No início da noite desta quarta-feira, a Internacional de Limeira anunciou através de um vídeo nas redes sociais o acerto com o ex-jogador Elano para ser o treinador no Campeonato Paulista de 2020.

Elano será apresentado oficialmente na manhã desta quinta-feira, em Limeira, e depois disso vai iniciar com a diretoria o planejamento para a próxima temporada. A Internacional disputa atualmente a Copa Paulista e é comandada pelo auxiliar Edilson Santos.

Elano trabalhou em algumas oportunidades como treinador interino do Santos
Elano trabalhou em algumas oportunidades como treinador interino do Santos

PRIMEIRA CHANCE
Hoje com 38 anos, Elano vai ter sua primeira oportunidade como treinador justamente no clube em que deu seus primeiros passos como jogador. Quando trabalhou como auxiliar-técnico do Santos em 2017, o ex-meia comandou o time de forma interina em nove jogos, com cinco vitórias, um empate e três derrotas.

"Quando eu ainda busca afirmação no futebol, foi essa casa que me abriu as portas do sucesso. Por ironia do destino, nossos caminhos foram traçados de formas distintas. Enquanto o Leão passava pelo momento mais difícil da sua rica história, eu brilhava nos campos do mundo...

Este destino nos coloca frente a frente, agora para escrevermos juntos uma nova história...

Estou iniciando minha trajetória como treinador, assim como quando passei por atleta, mas agora nossos caminhos serão os mesmos, porque estou de volta para casa, onde tudo começou", disse Elano no vídeo.

A CARREIRA
Natural de Iracemápolis, Elano atuou nas categorias de base da Internacional de Limeira em 2000 e no ano seguinte se profissionalizou no Santos ao lado de Diego e Robinho. No Peixe, conquistou uma Libertadores, uma Recopa Sul-Americana, dois Brasileiros e quatro Paulistas.

Como meia, defendeu ainda Shakhtar Donetsk-UCRA, Manchester City-ING, Galatasaray-TUR, Chennaiyin-IND, Grêmio e Flamengo, além da Seleção Brasileira, por quem disputou a Copa do Mundo de 2010 na África do Sul.