Paulista A3: Atacante Tom quer título com a Inter de Limeira e mira artilharia

"Dá para cobrar os companheiros para tocarem para mim (risos)”, disse ao relembrar que está apenas a um gol do atual artilheiro

por Federação Paulista (FPF) - São Paulo

Limeira, SP, 19 (AFI) - Acesso, título e artilharia. Todo jogador sonha em fazer “barba, cabelo e bigode” e com o atacante Tom, da Inter de Limeira, não é diferente. Após conquistar a ascensão de divisão, o atleta busca se tornar campeão diante do Nacional e assumir o posto de principal goleador do torneio, já que hoje está apenas um gol atrás de Léo Castro, do rival nesta final de Paulistão A3.

Dos 23 jogos da Inter de Limeira no Paulistão A3, Tom só não participou do confronto diante do Atibaia, na última rodada da primeira fase. Em todas as outras foi titular, anotando 10 gols na campanha.

“A minha competição está sendo muito boa. Estava acostumado a fazer gols nos outros clubes, mas certamente estou superando as expectativas. Tudo isso se deve a confiança do treinador e dos meus companheiros”, disse Tom.

Tom tem 27 anos e iniciou sua carreira no Velo Clube. Além do time de Rio Claro, o atleta coleciona passagens por Santacruzense, Batatais, Juventus, Votuporanguense e Independente.

O jogador também apontou os motivos que fizeram a Inter de Limeira alcançar o acesso à Série A2 de 2018. “Desde o começo do trabalho, o professor João Vallim nos deu respaldo e o trabalho foi muito bem feito. Iniciamos a pré-temporada com antecedência e o clube ofereceu toda a estrutura necessária, além de termos formado um grupo focado. A união de todos resultou no acesso”, garantiu.

Atacante Tom quer título com a Inter de Limeira e mira artilharia - Foto: Divulgação/Desportivo Brasil
Atacante Tom quer título com a Inter de Limeira e mira artilharia
ARTILHARIA E TÍTULO
Após conquistar o acesso, Tom falou das pretensões em termos de artilharia. “Fui feliz no mata-mata e pude contribuir com gols. O atacante vive de gols e agora está mais tranquilo, dá para pensar em artilharia. Será uma disputa boa e se a bola sobrar, estarei preparado para fechar o campeonato com chave de ouro”, afirmou.

O artilheiro ainda acredita que o desempenho da Inter de Limeira irá melhorar na final contra o Nacional. “Agora que atingimos o objetivo (acesso), acredito que jogaremos mais leve. O Nacional é uma grande equipe, mas vamos decidir diante do nosso torcedor, então temos tudo para coroar o acesso com o título”, projetou.

Por fim, Tom ainda revelou a cobrança em tom de brincadeira com seus companheiros. “No primeiro jogo contra o Nacional, tive a oportunidade de fazer gol. A gente brinca no dia a dia que só falta um golzinho para assumir a artilharia, então dá para cobrar os companheiros para tocarem para mim (risos)”, concluiu lembrando o confronto da primeira fase.

Nacional e Inter de Limeira iniciam a disputa da final do Paulistão A3 neste sanado (20), às 10h30, no estádio Nicolau Alayon, em São Paulo. O segundo e decisivo confronto acontece no sábado (27), às 19h, em Limeira.