Gaúcho: Maior goleada desde fevereiro de 2018 dá moral a reservas do Inter com Coudet

Apenas com Moisés e Edenilson de titulares, o Colorado ganhou do São José, por 4 a 1, fora de casa

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 16 - A escalação de um time misto não impediu o Internacional de conquistar um resultado expressivo na terceira rodada do segundo turno do Campeonato Gaúcho.

No último domingo, no gramado sintético do estádio Passo D'Areia, em Porto Alegre, o time se impôs diante do São José-RS e o goleou por 4 a 1, um resultado que fará vários suplentes ganharem pontos com o técnico argentino Eduardo Coudet.

O placar, afinal, é o mais expressivo do Internacional desde 8 de fevereiro de 2018, quando aplicou 4 a 0 também no São José-RS, em partida realizada no estádio Beira-Rio.

"Trabalho para que os cinco jogadores com maior característica de ataque, os três meias e os atacantes, tenham o maior número de chances de gol. Todos tiveram. Isso é importante. Temos de seguir trabalhando. Creio que podemos dar mais", afirmou o treinador.

Reservas do Internacional venceram o São José (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)
Reservas do Internacional venceram o São José (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

SÓ DOIS TITULARES
Dos jogadores considerados titulares, Eduardo Coudet iniciou a partida com apenas dois deles: o meio-campista Edenilson, autor do primeiro gol da partida, em cobrança de falta, e o lateral-esquerdo Moisés, que deu assistência para o segundo gol do Internacional na partida, de Nonato.

O treinador argentino ainda acionou outro titular na etapa final, o meia Thiago Galhardo - ele deu a assistência para Nonato fazer o seu segundo gol na partida.

"Decidimos jogar com Edenilson porque ele se recuperou bem da partida contra o Grêmio. Vamos vendo a cada jogo quem está melhor. Conto com todos da mesma maneira", elogiou Eduardo Coudet.

LÍDER ISOLADO
Com a vitória, o Internacional disparou na liderança do Grupo A do segundo turno do Campeonato Gaúcho, com sete pontos.

O próximo compromisso do time está agendado para este sábado, no Beira-Rio, diante do Grêmio, mas pode ser adiado, pois a federação avaliará a paralisação do campeonato em função do surto do novo coronavírus.