Pottker exalta treinos com Zé Ricardo e defende maior posse de bola do Inter

Time gaúcho se prepara para encarar o Corinthians, em São Paulo, no próximo domingo

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 14 - Desde que foi contratado pelo Internacional para o lugar de Odair Hellmann há pouco mais de um mês, o técnico Zé Ricardo não teve tanto tempo para realizar treinamentos como nesta semana. Depois de bater o Fluminense no último domingo, o time gaúcho se prepara para encarar o Corinthians, em São Paulo, no próximo domingo, em um confronto direto entre concorrentes a uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores.

O atacante Willian Pottker exaltou a possibilidade de poder treinar uma semana inteira com Zé Ricardo. "Uma semana importante que o professor Zé precisava. Ainda mais com vitória, que é muito melhor para trabalhar. Já podemos notar um dedo dele no nosso time. Ele vem colocando as características que deseja e os jogadores assimilaram bem. Jogando ou não, temos que ter a confiança sempre em alta", destacou.

PODE EMPATAR?
Com 49 pontos, o Internacional ocupa a sétima colocação e hoje estaria classificado à Libertadores. O Corinthians tem a mesma pontuação, mas fica em oitavo por ter duas vitórias a menos (14 a 12). Assim, de acordo com Pottker, um empate é um bom resultado na Arena Corinthians, sendo que a equipe terá de ter tranquilidade e maior posse de bola.

Foto: Ricardo Duarte / Internacional
Foto: Ricardo Duarte / Internacional
"A melhor defesa hoje em dia é você ter a bola. Contra o Fluminense, se tivéssemos ficado com a posse, sofreríamos menos e, talvez, não tivéssemos levado o gol. Pretendemos fazer isso contra o Corinthians desde o início do jogo", declarou.

POSICIONAMENTO
Na terceira pessoa, Pottker comentou sobre a posição que tem sido colocado por Zé Ricardo. "Imagina o Pottker poupando a força e a velocidade. Ia construir muitas chances e marcar muitos gols, mas tenho a consciência que atuo para a equipe. Tenho mais 10 companheiros que precisam da minha sustentação. Tenho que dar um tiro para ajudar na linha de fundo defensiva e ainda marcar o gol. É desgastante, mas tenho prazer de fazer isso", afirmou.

Uma provável formação do Internacional para o jogo deste domingo tem: Marcelo Lomba; Heitor, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Patrick e D'Alessandro; William Potker e Rafael Sóbis. O elenco volta aos treinos nesta sexta-feira, às 10 horas, e encerra a preparação com uma atividade no sábado, também pela manhã.