Inter 2 x 2 Fortaleza - Colorado perde a chance de esquentar briga

Guerrero foi o destaque da partida com dois gols

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 24 – Comandado por Guerrero, autor de dois gols, o Internacional não conseguiu se aproximar da zona por vaga direta na Copa Libertadores do ano que vem. Na noite deste domingo, o time gaúcho ficou no empate contra o Fortaleza, por 2 a 2, no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com tropeços dos rivais diretos, Corinthians e São Paulo, o Inter ficou estagnado em sétimo lugar, com 51 pontos, três atrás do Tricolor Paulista, que ocupa a última posição que dá vaga direta no torneio continental.

O Fortaleza por sua vez, deu uma respirada na luta contra o rebaixamento, chegando ao 12º lugar, com 43 pontos, oito na frente da zona da degola.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS DESTE EMPATE !


GOL RELÂMPAGO
O Fortaleza apostava na velocidade e colocou isto em prática logo aos sete minutos, quando abriu o placar. Osvaldo recebeu pela esquerda, passou por Heitor e tocou na saída de Lomba. O curioso no lance que deu origem ao gol foi a trombada entre o árbitro José Mendonça da Silva Junior (PR) e o zagueiro colorado Rodrigo Moledo. O Inter tentou responder logo em seguida. Patrick encontrou Guerrero dentro da área com um toque por cima da defesa. O peruano dominou no peito e finalizou de raspão. Felipe Alves ia caindo para um lado, mas se recuperou e fez a defesa.

Internacional ficou duas vezes atrás do placar
Internacional ficou duas vezes atrás do placar
SÃO PAOLO

Os gaúchos seguiram com mais volume, procurando furar a defesa adversária pelos lados do campo, mas Felipe Alves só apareceu em jogadas de bola parada, evitando duas cobranças perigosas de D’Alessandro. O empate acabou saindo antes do intervalo. Em jogada pela lateral, Pottker lançou, Uendel ajeitou de cabeça e Guerrero apareceu para concluir para o fundo das redes, aos 42 minutos. No final, na base do abafa, o Inter encontrou espaço e Patrick invadiu a área para finalizar. A defesa do Fortaleza conseguiu travar o lance, mas a arbitragem assinalou pênalti em toque de mão de Quintero. Após consultar o var, o árbitro voltou atrás na marcação.

ESFRIOU

O segundo tempo começou com o Inter em cima do adversário. Patrick apareceu na área para finalizar, mas mandou para fora. Debaixo de vaias, Guilherme Parede entrou na vaga de Pottker, mas os donos da casa não conseguiram melhorar e seguiram sem encontrar espaço para finalizar.

SEM INTENSIDADE

O Inter não conseguiu apresentar intensidade. Quem se aproveitou disso foi o Fortaleza. Aos 26 minutos, Gabriel Dias acreditou pelo lado direito, evitou a saída pela linha lateral e saiu livre. Ele invadiu a área e cruzou rasteiro. A bola desviou em Cuesta, enganou Lomba e sobrou no meio da área. Tinga chegou dividindo com Uendel e a bola morreu no canto esquerdo.

FINAL QUENTE

Os donos da casa enfrentavam dificuldades para criar e para superar a desconfiança da torcida, que vaiava alguns jogadores e o técnico Zé Ricardo. O Beira-Rio incendiou novamente quando Guerrero deixou tudo igual aos 37 minutos.

Após cobrança de escanteio, o peruano subiu mais alto que todo mundo e desviou para o fundo das redes.

O gol deu animo extra para o Inter buscar a virada. O Fortaleza, porém, não desistiu e teve oportunidade de buscar a vitória em pênalti marcado, sob consultado o VAR, após toque de mão de Cuesta. Bruno Melo foi para bola, mas Lomba saltou bem no canto esquerdo e evitou a vitória cearense.

PRÓXIMOS JOGOS
O Inter volta a jogar contra o Goiás, na próxima quarta-feira, às 19h30, no Beira-Rio, em Porto Alegre. Na quinta-feira, o Fortaleza recebe o Santos, na Arena Castelão, na capital cearense.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
34ª rodada
Data
24/11/2019
Horário
19h00
Local
Beira-Rio - Porto Alegre (RS)
Árbitro
José Mendonça da Silva Junior (PR)

Renda
R$ 681.315.00
Assistentes
Bruno Boschilia (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

Público
24.873 pagantes (28.684 total)
Cartões Amarelos
Internacional-RS: Edenilson, Rodrigo Lindoso, Rafael Sobis, Rodrigo Moledo
Fortaleza-CE: Carlinhos, Gabriel Dias

Gols
Internacional-RS: Paolo Guerrero 42' 1T, Paolo Guerrero 37' 2T
Fortaleza-CE: Osvaldo 7' 1T, Tinga 26' 2T
Internacional-RS
Marcelo Lomba;
Heitor (Rafael Sobis), Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel;
Edenílson, Rodrigo Lindoso, Patrick (Neílton) e D'Alessandro;
Guerrero e Pottker (Guilherme Parede).
Técnico: Zé Ricardo
Fortaleza-CE
Felipe Alves;
Gabriel Dias, Quintero, Bruno Melo e Carlinhos;
Felipe, Juninho e Romarinho (Edinho);
Osvaldo, André Luís (Tinga) e Wellington Paulista (Kieza).
Técnico: Rogério Ceni