Após derrota, Guerrero dispara contra arbitragem: "Eles jogam com um a mais"

O atacante peruano deixou o gramado do Allianz Parque reclamando muito da atuação do goiano Wilton Pereira Sampaio

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 10 (AFI) – Após a derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil, o atacante Paolo Guerrero, do Internacional, não poupou críticas à arbitragem.

O peruano, que vem de grande campanha com sua seleção na Copa América, chegou a afirmar que o árbitro goiano Wilton Pereira Sampaio era um jogador a mais para o Palmeiras.

“Complicado jogar aqui, com o árbitro marcando tudo para eles. Aqui a gente joga com um a menos, que é o juiz. É sacanagem. Ele apita tudo para eles e para gente não apita nada. Jogar assim é foda”, desabafou na saída do gramado.

PRECISA VENCER

A derrota deixa o Internacional precisando vencer a partida de volta, na próxima quarta-feira, no Beira-Rio. Se vencer por um gol de diferença, a equipe gaúcha leva a decisão para os pênaltis e uma vitória por um placar mais elástico garante a classificação no tempo normal. O Palmeiras joga pelo empate.