Dirigente do Inter cobra punição lateral cruzeirense por cotovelada: "Recorrente"

Edilson foi expulso após agredir Nico López, que precisou ser tranquilizado pelos companheiros

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 12 (AFI) - A confusão que aconteceu já nos acréscimos do jogo após Edilson acertar uma cotovelada na boca de Nico López ofuscou a vitória do Internacional sobre o Cruzeiro, por 3 a 1, no Beira-Rio, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Não é a toa que uma das primeiras perguntas para o vice-presidente Roberto Melo foi sobre o lance e o dirigente colorado cobrou uma punição ao lateral cruzeirense, que já vestiu a camisa do rival Grêmio.

Edilson (de azul) foi expulso após cotovelada e quase deu início a confusão generalizada
Edilson (de azul) foi expulso após cotovelada e quase deu início a confusão generalizada
"Vindo desse atleta é recorrente. Não é a primeira vez. Temos imagens e que elas sejam analisadas e seja aplicada uma punição. Esse atleta merece, pois isso não é futebol. Jogar com garra é uma coisa, com deslealdade é outra", afirmou Roberto Melo.

DESDOBRAMENTO
Nico López ficou bastante irritado com a cotovelada e tentou partir para cima de Edilson, mas foi acalmado pelos companheiros. Na saída do lateral para o vestiário, um torcedor colorado arremessou um copo que acertou o quarto árbitro.

"Terminou o jogo e a gente foi para o vestiário, mas com certeza, se isso aconteceu, as medidas cabíveis estão sendo tomadas para indentificar quem fez isso", garantiu o dirigente.

A vitória neste domingo coloca o Internacional no meio da tabela do Brasileirão, com seis pontos. No próximo domingo, o adversário no Beira-Rio será o CSA, pela quinta rodada.