Jogo entre clubes europeus é paralisado para atletas quebrarem jejum do Ramadã

Zagueiro Fofana, do Leicester, e o meio-campista Kouyaté, do Palace, puderam ingerir suplementação energética durante a paralisação

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 27 (AFI) - Um fato chamou a atenção na partida entre Leicester City e Crystal Palace pelo Campeonato Inglês. Aos 35 minutos do primeiro tempo, o goleiro Vicente Guaita, do Palace, chutou, propositalmente, a bola para fora e o jogo foi paralisado para que dois atletas quebrassem o jejum do Ramadã.

Pausa para comer. (Foto: Divulgação/Crystal Palace)
Pausa para comer. (Foto: Divulgação/Crystal Palace)
O zagueiro Fofana, do Leicester, e o meio-campista Kouyaté, do Palace, puderam ingerir suplementação energética durante a paralisação do jogo, quando estava 1 a 0 para o Palace. O Leicester, no entanto, venceria por 2 a 1.

"Só queria agradecer a Premier League e também ao Crystal Palace, Guaita e a todos os Foxes [jogadores do Leicester] por me permitirem quebrar meu jejum esta noite no meio do jogo. É isso que torna o futebol maravilhoso", escreveu o francês Fofana nas redes sociais.

O mês do Ramadã começou em 12 de abril e os muçulmanos, nesse período, precisam se abster de comer, beber, fumar e de fazer sexo durante a alvorada até o pôr do sol.