Inglês: "Título mais difícil da minha carreira", diz Guardiola após faturar bi

O Manchester City terminou o campeonato com 98 pontos, um a mais que o Liverpool

por Agência Estado

São Paulo, SP, 12 - O Manchester City se sagrou bicampeão do Campeonato Inglês neste domingo ao golear o Brighton por 4 a 1, em casa, e totalizou impressionantes 98 pontos na disputa rodada a rodada contra o Liverpool, que terminou na segunda colocação, com 97.

Na coletiva após a partida, o técnico espanhol Pep Guardiola considerou este o título mais difícil da sua vitoriosa carreira.

"Conseguir 98 pontos depois dos 100 (da campanha da temporada passada) é incrível. Para chegarmos aqui tivemos de ganhar 14 jogos consecutivos, não podíamos perder um único ponto. Foi, como treinador, o título mais difícil da minha carreira por causa da qualidade dos rivais", disse Guardiola, elogiando o Liverpool e o técnico alemão Jürgen Klopp.

Pep Guardiola considerou o título inglês como o mais difícil da sua carreira
Pep Guardiola considerou o título inglês como o mais difícil da sua carreira
"Parabéns ao Liverpool, tenho de lhes agradecer porque nos obrigaram a subir ainda mais o nível."

SÓ ELOGIOS
O atacante inglês Raheem Sterling elogiou Guardiola e disse que o espanhol é o grande responsável pelo City terminar a competição como bicampeão inglês.

"A mentalidade dele é a melhor, sempre está pensando em vencer e coloca isso na cabeça de todo mundo. Estou muito feliz de estar aqui aprendendo e vencendo. Estou muito feliz, vim aqui para ganhar troféus e ter momentos como esse", comemorou.

LIVERPOOL
Já no estádio de Anfield, em Liverpool, o técnico Jürgen Klopp admitiu uma sensação agridoce por ter ficado em segundo lugar, mas ter feito a melhor campanha na história do Liverpool no Campeonato Inglês.

"Nós tivemos momentos de sorte, o City teve momentos de sorte contra o Burnley e contra nós. Mas nós marcamos um gol estranho contra o Everton e um no fim contra o Newcastle", comentou o técnico, admitindo que o seu time também teve sorte em algumas ocasiões.

"Não é questão de vencer todo mundo e sim de acreditar e ficar na briga. O City teve dificuldades de nos tirar da briga e nós não conseguimos nos livrar deles", lamentou Klopp.

"Parabéns ao Manchester City, eles (comandados de Guardiola) fizeram uma ótima temporada. Nada mal tirar (somar) 198 pontos em duas temporadas", ressaltou.