INGLÊS: Com gol de Kane, Tottenham bate Arsenal em clássico com público recorde

O artilheiro marcou o único gol para mais de 80 mil espectadores no estádio de Wembley

por Agência Estado

Campinas, SP, 10 (AFI) - No clássico realizado em Wembley que abriu a 27ª rodada do Campeonato Inglês neste sábado, o Tottenham venceu o Arsenal por 1 a 0, graças a um gol do artilheiro Harry Kane, em um jogo que foi assistido por 83.222 torcedores, um público recorde em partidas válidas pela competição nacional no lendário estádio de Londres.

O triunfo sobre o rival no duelo londrino levou o time aos 52 pontos, assumindo a terceira posição e ultrapassando pelo menos provisoriamente o Liverpool e o Chelsea, respectivos quarto e quinto colocados, com 51 e 50 pontos. No complemento desta rodada, porém, o time comandado por Jürgen Klopp, que pega o Southampton neste domingo, e a equipe dirigida por Antonio Conte, que na segunda-feira encara o West Bromwich, poderão retomar os seus postos na tabela.

Já o Arsenal estacionou nos 45 pontos e no sexto posto da tabela. Assim, segue logo abaixo da zona de classificação para as competições europeias e corre o risco de ver os times acima dele aumentarem ainda mais a vantagem sobre a equipe de Arsène Wenger.

A vitória do clássico também serviu para dar moral ao Tottenham antes de encarar a Juventus na próxima terça-feira, em Turim, pelo duelo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. O Arsenal, por sua vez, buscará reagir em partida contra o modesto Oestersunds, na Suécia, em confronto válido pela Liga Europa.

Pelo Campeonato Inglês, o Tottenham só voltará a jogar no próximo dia 26, contra o Crystal Palace, fora de casa, enquanto a equipe de Wenger receberá o líder Manchester City no Emirates Stadium em 1º de março.

O JOGO
O clássico deste sábado foi de poucas emoções no primeiro tempo, quando as equipes sofriam para criar chances ofensivas. Em uma rara oportunidade, aos 26 minutos, Kane foi o primeiro a assustar o goleiro Peter Cech ao completar por cima do gol um cruzamento para a área.

Depois disso, o duelo seguiu truncado até o final da etapa inicial. No segundo tempo, o Tottenham conseguiu fazer o gol de sua vitória já aos 3 minutos. Após avançar pela esquerda, Davies cruzou para Kane, que levou a melhor em disputa a área com Koscielny e cabeceou para as redes, fora do alcance do goleiro Peter Cech.

Esse foi o 23º gol do atacante, artilheiro isolado do Campeonato Inglês, que tem o egípcio Mohamed Salah, com 21 pelo Liverpool, como segundo maior goleador.

E Kane só não aumentou o placar e ampliou sua vantagem na artilharia por causa de ótimas defesas de Cech, sendo uma delas aos 7 minutos após lindo voleio do atacante em que o goleiro rebateu a bola com puro reflexo.

O Tottenham seguia massacrando e quase ampliou novamente aos 11 minutos, quando Erikson cobrou falta com categoria no ângulo direito de Cech, que espalmou para escanteio em outra linda defesa.

O Arsenal, que parecia totalmente dominado, começou a mostrar algum sinal de reação aos 23 minutos, quando deu o seu primeiro chute a gol no jogo com Wilshere exigindo boa intervenção de Lloris em finalização da entrada da área.

O Tottenham, entretanto, continuava com mais volume de jogo e seguia desperdiçando boas oportunidades de marcar, sendo uma delas com Dele Alli chutando para fora após ficar cara a cara com Cech. O mesmo fez Lamela aos 44 minutos, fato que seguiu permitindo ao Arsenal sonhar com o empate no finalzinho.

E a igualdade no placar só não ocorreu por causa de duas ótimas chances de gol perdidas por Lacazette, nos acréscimos, aos 46 e aos 47. Aos 49, na oportunidade final, Özil parou na barreira em cobrança frontal de falta e viu a derrota no clássico ser finalmente confirmada.

 
 
" />