Série C: Icasa, enfim, define substituto de Serrão

Francisco Diá é aguardado nesta quarta-feira para livrar o time do rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Juazeiro do Norte, CE, 25 (AFI) - Depois de muito disse me disse, a diretoria do Icasa finalmente acertou no final da noite desta terça-feira com o treinador que terá a missão de substituir José Carlos Serrão. Trata-se de Francisco Diá, que deve ser apresentando oficialmente nesta quarta-feira.

A novela envolvendo o novo treinador do Icasa foi bastante longa e complicada de se entender. Após a demissão de José Carlos Serrão, a diretoria foi atrás de Tarcísio Pugliese, que comandou o clube no início da Série C e depois acertou com o Oeste. Porém, o treinador recusou a proposta, principalmente pelo jeito que deixou o Verdão do Cariri.

Com a recusa de Pugliese, o presidente em exercício Cícero Lacerda entrou em contato com Francisco Diá (foto), com quem ficou apalavrado. No entanto, alguns dirigentes do Icasa não eram favoráveis a sua contratação, o que levantou a possibilidade do auxiliar Paes de Lira ser efetivado no cargo. No final da noite desta terça-feira, após uma reunião entre diretoria e Diá, o negócio foi concretizado.

Aos 56 anos, o novo treinador do Icasa é aguardado nesta quarta-feira para iniciar os trabalhando visando o duelo contra o Guarany de Sobral, no sábado, no Estádio do Junco, pela 14ª rodada do Grupo A da Série C. O time cearense vem sem situação delicada, com 12 pontos, em nono lugar. Se o campeonato terminasse hoje, o Verdão do Cariri estaria rebaixado para a Série D.

O Icasa não sabe o que é vencer no Brasileiro desde o dia 29 de julho, quando bateu o próprio Guarany de Sobral, por 1 a 0. De lá para cá foram realizadas oito partidas, sendo apenas dois empates e seis derrotas. Além de Francisco Diá, o time já foi comandado na temporada por Tarcísio Pugliese, Júlio Araújo e José Carlos Serrão.

Mais sobre Diá
Francisco Diá é natural de Natal e tem como último clube o Baraúnas-RN. O treinador passou por muitos clubes do norte/nordeste brasileiro, como ABC, Alecrim, Santa Cruz, América-RN, Botafogo-PB e também teve uma experiêncoa no futebol paulista, quando comandou o Mogi Mirim. Sob seu comando, Santa Cruz e Alecrim conquistaram vagas para a Série C do Brasileiro, enquanto em 2009 livrou o Mecão do rebaixamento na Série B.

aaa