Cearense: Sindicato vai em cima do Guarany de Sobral após 'demissão em massa'

O Sindicato dos Atletas profissionais do Estado do Ceará (SAFECE) diz que tentará reverter essa situação

por Agência Futebol Interior

Sobral, CE, 25 (AFI) - Assim como o Portal Futebol Interior noticiou na manhã da última terça-feira (24), o Guarany de Sobral, time que está disputando a elite do Campeonato Cearense, resolveu desligar todos os seus jogadores por conta da indefinição sobre o futuro do futebol, depois da pandemia do novo coronavírus. Apesar disso, o Sindicato dos Atletas profissionais do Estado do Ceará (SAFECE) está em cima e diz que tentará reverter essa situação.

“Estamos aguardando os dois atletas que são nossos interlocutores levarem à diretoria a proposta do Sindicato, já que todos eles têm contrato até novembro. Temos um Campeonato Cearense ‘indeterminado’. A Federação, imagino que esteja estudando uma maneira de resolver isso. O Guarany montou uma grande equipe, com estrutura elogiável, pagando salários em dia, e talvez esteja mal assessorado", disse o presidente do sindicato Marcos Gaúcho.

Sindicato vai em cima do Guarany de Sobral após 'demissão em massa'
Sindicato vai em cima do Guarany de Sobral após 'demissão em massa'
Embora não tenha recebido a proposta do sindicato, o Guarany de Sobral respondeu, por meio de seu diretor jurídico Thyago Donatto, que tomou a 'medida mais adequada neste momento' e que o clube não pode aguardar uma decisão oficial das entidades que gerem o futebol, pois isso pode demorar um tempo e o clube pode ficar em maus lençóis financeiramente.

“As condições colocadas são bastante claras. O clube não está disposto a esperar por decisões das Federações ou Confederação. A notícia do adiamento dos Jogos Olímpicos só fortalece a ideia de que a prática esportiva está bastante comprometida no ano. Por mais dura que seja a medida que tomamos, é a mais adequada para o momento”.