Na súmula, árbitro informa que Bidu deu o primeiro soco e Andrade revidou

Jogadores do Guarani brigaram em campo e foram expulsos

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 02 (AFI) - O árbitro Thiago Lourenço de Mattos deu sua versão sobre a briga entre Bidu e Rodrigo Andrade, ambos jogadores do Guarani. Os atletas trocaram socos ainda em campo no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, após a vitória, por 2 a 1, sobre o Novorizontino, neste domingo, pela décima rodada.

Para o juizão, Bidu começou a confusão ao dar o primeiro soco e Rodrigo Andrade revidou. Sem pensar duas vezes, o juizão expulsou os dois esquentadinhos. A confusão só acabou após a "turma do deixa disso", composta por Bruno Silva, Aílton e Thales, separar Bidu e Rodrigo Andrade.

Motivos das expulsões na súmula. (Foto: Reprodução)
Motivos das expulsões na súmula. (Foto: Reprodução)

SÚMULA!
Sobre Bidu, ele escreveu: "Por desferir e atingir socos em seu companheiro de número 31 senhor José Rodrigo Andrade Ramos, após o término da partida. O mesmo foi contido pelos seus companheiros de equipe".

Já o motivo da expulsão de Rodrigo Andrade foi: "Por revidar, desferindo e atingindo com socos em seu companheiro de número 20 senhor Matheus Lima Beltrão Oliveira, após o término da partida. O mesmo foi contido pelos seus companheiros de equipe".

FORA!
Com a expulsão, os dois são desfalques certos para o dérbi da próxima quarta-feira, às 21 horas, contra a rival Ponte Preta no Moisés Lucarelli, em Campinas, pela sexta rodada do Paulistão.

Apesar da treta, o Guarani se manteve na vice-liderança do Grupo D, agora, com 14 pontos, a três do líder Mirassol e a quatro do Santos, terceiro colocado.

VEJA AS IMAGENS