Série B: Guarani rejeita demissão e apenas multa baladeiros em plena pandemia

O clube, no entanto, não revelou o valor que tirou do direito de imagem dos atletas

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 18 (AFI) - O Guarani comunicou no início da noite desta segunda-feira que o volante Lucas Abreu e o atacante Júnior Todinho foram multados após serem flagrados em uma casa noturna em meio à pandemia causada pela covid-19. O clube rejeitou afastar os jogadores ou até mesmo demiti-los.

O time campineiro entendeu que uma punição maior do que o corte de parte dos direitos de imagem seria prejudicial ao clube que ainda sonha com o acesso na Série B do Campeonato Brasileiro. Mas deixou claro que todos atletas que optarem por quebrar os protocolos criados pelos profissionais da saúde serão igualmente punidos.

Curiosamente, o flagra aconteceu em meio a um surto de covid-19 na delegação do Guarani, que chegou a pedir adiamento do duelo contra o Cuiabá, na última quinta-feira, vencida pelo clube do Mato Grosso por 4 a 0, por não ter 13 jogadores aptos para o duelo. O clube campineiro só alcançou o número limite, pois mandou justamente Lucas Abreu às pressas para o duelo.

Lucas Abreu com a camisa do Guarani. Foto: David Oliveira
Lucas Abreu com a camisa do Guarani. Foto: David Oliveira
Apesar de toda logística, Lucas Abreu não deixou de comparecer em uma balada com seu companheiro de equipe, sem máscara ou sem tomar qualquer tipo de cuidado em relação à covid-19.

Confira a nota oficial do Guarani:

O Guarani Futebol Clube comunica que, os atletas Júnior Todinho e Lucas Abreu, pivôs de vídeos e fotos divulgados pelas redes sociais onde estavam em casas noturnas, o que já contraria o protocolo de segurança em saúde vigente durante o período de pandemia pelo Coronavírus, e além disso, sem o uso obrigatório de máscaras, serão punidos em parte dos seus vencimentos (Direitos de Imagem).

O Clube informa também que ainda segue nas suas averiguações e, se novos atletas forem flagrados em igual situação, ou tiverem participado de outros casos semelhantes, também serão punidos.

Os atletas não serão afastados dos treinamentos, pois isto traria uma punição ao clube neste momento de elenco reduzido pelos motivos amplamente divulgados.