Atacante revela que negou proposta de time da Série B para continuar no Guarani

Rafael Costa afirmou que segue acreditando na campanha do clube na competição

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 29 (AFI) - O atacante Rafael Costa afirmou em coletiva de imprensa que recebeu uma proposta do América Mineiro, mas optou por continuar no Guarani na própria disputa do Campeonato Brasileiro da Série B. Apesar da situação delicada da equipe, o jogador garantiu que acredita no projeto do clube.

"Sim, eu tive uma proposta do América, mas eu fiquei porque acredito no Bugre. Eu falei com o Michel (Alves, superintendente de futebol), e na época ainda era o (técnico) Carpini, mas eu continuo confiando no grupo e, por isso, eu continuei no Guarani”, falou o jogador.

PRESSÃO!
Há três jogos sem vencer, o Guarani ocupa a 16ª colocação, com nove pontos, um a mais do que o Cruzeiro, o primeiro dentro da zona de rebaixamento. O jogador falou ainda da pressão sofrida pela equipe no aeroporto.

Rafael Costa falou sobre sua permanência no Guarani. Foto:  David Oliveira/Guarani FC
Rafael Costa falou sobre sua permanência no Guarani. Foto: David Oliveira/Guarani FC
"A pressão, no aeroporto, acho que foi uma cobrança do torcedor, não teve agressão, uma cobrança que demonstra o que o torcedor do Guarani está sentindo, muita frustração, está muito chateado. E nós também, pela posição na tabela, pelos resultados que não estão vindo. Mas estamos treinando bastante para que a gente possa dar essa volta por cima. E essa volta por cima começa logo no jogo", falou.