Após assédio do Santos, Guarani renova contrato com lateral até março de 2023

Titular em seis jogos do ano, Bidu foi contemplado pelo Bugre com valorização salarial

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 13 (AFI) - Apesar do forte assédio do Santos, o Guarani acertou renovação com Bidu.

O lateral-esquerdo, titular nos seis primeiros jogos do Campeonato Paulista, estendeu acordo até 15 de março de 2023, um ano a mais em relação ao antigo vínculo.

Guarani renova com Bidu até março de 2023 - David Oliveira / Guarani FC
Guarani renova com Bidu até março de 2023
Camisa 20, cria das categorias de base e uma das principais promessas dos últimos anos, ainda foi contemplado pelo Bugre com aumento salarial - Boletim Informativo Diário (BID) já publicou o novo contrato, ainda não oficializado.

A assinatura de um novo contrato, entretanto, não é garantia real de permanência no Brinco de Ouro da Princesa até o final da temporada.

Com valorização nos vencimentos mensais, contudo, a multa rescisória do jogador para o mercado interno sobe de R$ 8 milhões para R$ 10 milhões e R$ 115 milhões ao futebol internacional.

Bidu tem 60% dos direitos econômicos vinculados ao clube campineiro - os 40% restantes pertencem ao grupo ligado ao empresário Roberto Graziano, que se reuniu com o presidente Ricardo Miguel Moisés na última terça-feira.