Conselho de Administração prevê projeto para otimizar e-commerce no Guarani

Cobrança da torcida é antiga para Bugre melhorar os serviços na plataforma eletrônica

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 23 (AFI) - O Guarani tem pretensão de lançar, em questão de meses, um novo projeto no Departamento de Marketing.

Bugre vai trabalhar o e-commerce mais ativamente do que tem sido praticado no Brinco de Ouro da Princesa nos últimos anos.

A expectativa é anunciar a novidade já no segundo semestre, haja vista o projeto estar sob análise. Tal ferramenta, aliás, passa pela remodelação na forma de trabalho na loja oficial, criticada pela torcida nos últimos anos.

A estratégia é alavancar as vendas por meio de pagamentos eletrônicos, o que está em baixa no clube atualmente.

Guarani quer priorizar ações no Departamento de Marketing
Guarani quer priorizar ações no Departamento de Marketing

CARA NOVA

As novas ações serão divulgadas no site oficial, o qual deve ganhar um novo viés político-econômico nesta gestão de Ricardo Miguel Moisés.

A prioridade é melhorar o comércio virtual e otimizar a divulgação do material esportivo, que terá nova roupagem a partir da Série B do Campeonato Brasileiro.

Tal ideia deve ser colocada em prática oficialmente em meados ou a partir do acerto com o novo fornecedor esportivo - a Macron é, por enquanto, a favorita para fechar vínculo até março de 2023. Vale pontuar que o distrato amigável com a Topper está praticamente selado.

O objetivo é realizar uma 'revolução' interna e deixar os 'métodos arcaicos' para trás. O Guarani pretende seguir fielmente alguns fundamentos do comércio digital, os quais se baseiam em segurança, criptografia, moedas, pagamentos online, pesquisa, desenvolvimento, marketing, propaganda, negociação, vendas e suporte.

SÓCIOS

Neste sentido, o time campineiro também planeja uma reformulação do programa de sócio-torcedor.

Com contrato atual desfavorável em termos financeiros, é possível, até para ter uma fonte de renda mais estável após pandemia, que os associados tenham benefícios no futuro.

EXEMPLO

O Guarani tem exemplos importantes no futebol brasileiro, principalmente durante a pandemia, para investir consideravelmente no e-commerce.

O Ceará, por sinal, apesar das dificuldades econômicas recentes faturou R$ 1 milhão no intervalo de três dias no início de junho - o rival Fortaleza também obteve êxito neste segmento.