Trabalhos da CBF, tempo com a família e estudo: a quarentena de Thiago Carpini

Mesmo sem trabalho em campo, treinador tem monitorado todos atletas do elenco do Guarani

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 10 (AFI) - Thiago Carpini tem 31 jogos no comando do Guarani, e os números são aliados para comprovar a boa trajetória na primeira experiência como treinador.

Ele assumiu o Bugre na última posição da Série B do Campeonato Brasileiro em 2019 e com status de virtual rebaixado. Em bela reação, todavia, conseguiu livrar o clube campineiro do rebaixamento com duas rodadas de antecedência, graças à vitória em cima do Operário.

Neste ano, o bom trabalho de Thiago Carpini continua. O Alviverde é o vice-líder do Grupo D do Campeonato Paulista com 16 pontos, cinco a mais em relação ao Corinthians.

No último jogo antes da paralisação do Estadual, o Bugre venceu, de virada, num clássico emocionante, a Ponte Preta por 3 a 2, dentro do Brinco de Ouro - a duas rodadas para o término da primeira fase, tem com a classificação encaminhada às quartas de final.

WORKAHOLIC

Apesar do bom trabalho como técnico do Guarani, Thiago Carpini não se acomoda. O jovem treinador está em constante atualização.

Carpini durante período de estudo para curso da CBF
Carpini durante período de estudo para curso da CBF
Exemplo disso é que ele está aproveitando o período de isolamento social para concluir trabalhos pendentes da Licença A de treinadores da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Além disso, vem aproveitando para rever todos os jogos do Bugre no ano com o intuito de corrigir erros.

Mas não é apenas o lado profissional que vem ocupando o tempo de Thiago Carpini neste período de isolamento social. Ele também vem dando atenção aos filhos: Hugo, de um ano, e Caio, de sete anos.

"A vida do profissional de futebol é muito corrida com jogos, concentrações, treinos e viagens. Temos que abdicar de algumas coisas. Por isso, neste período, além de estudar bastante venho aproveitando ao máximo os meus filhos e minha família", admitiu o comandante.

"Apesar desse momento de incerteza que vivemos, procuro tirar as coisas boas desse isolamento social", emendou.

HISTÓRIA

Bastante identificado com o Guarani pela sua história como jogador e treinador do Bugre, Thiago Carpini fez questão de mandar um recado ao fanático torcedor alviverde.

"Eles (torcedores) podem esperar o mesmo padrão de time que viram nas últimas partidas. Um Guarani aguerrido, buscando sempre a vitória" opinou Carpini.

"Além de analisar bastante a nossa equipe neste período, estamos também observando nomes para qualificar ainda mais o nosso time. Tenho convicção que voltaremos mais fortes ainda”, continuou.

INTERROGAÇÃO

Existe uma dúvida se o Campeonato Paulista voltará mesmo, mas Thiago Carpini não fica em cima do muro. Ele defende que a edição 2020 precisa ser finalizada.

"Estamos seguindo as medidas de isolamento e longe da rotina do trabalho. A paralisação para nós foi ruim, pois vínhamos atravessando bom momento. Mas, logicamente, concordamos com a paralisação", confessou.

"Temos que continuar tomando todos os cuidados para que possamos voltar o mais breve possível. Tudo se resolvendo, acredito ser justo que o Campeonato Paulista tenha a sua sequência", finalizou.