Paulistão: Por coronavírus, Guarani libera atletas por uma semana: 'Até terça-feira'

Com competição interrompida, diretoria do Bugre paralisa atividades no Brinco de Ouro

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 17 (AFI) - Depois da vitória em cima da Ponte Preta e a queda do tabu de oito anos, o Guarani liberou todos os jogadores do elenco e membros da comissão técnica para uma semana de 'descanso' por pandemia do coronavírus.

Com o Campeonato Paulista paralisado por tempo indeterminado, diretoria do Bugre opta por suspender todas as atividades até a próxima terça-feira, 24 de março.

Sérgio do Prado confirma liberação dos atletas do Guarani
Sérgio do Prado confirma liberação dos atletas do Guarani
"Ontem, após o jogo, nós informamos aos atletas e comissão técnica para que cada um fosse a sua casa com todas essas orientações que existem de ordem médica e se cuidar. Todos nós sabemos e estamos cansados de ouvir. Eles estão liberados até terça-feira de manhã", declarou Sérgio do Prado, gerente de futebol, em entrevista à Rádio Bandeirantes de Campinas.

"Neste intervalo, nós estamos em contato permanente com tudo o que é necessários. Nós iremos informá-los se mantém a data ou se prorroga, enfim. Minimamente, até a próxima terça-feira não haverá atividade nenhuma aqui no Brinco", emendou.

A PARTIR DE ABRIL

O cartola bugrino evitou estimar um prazo de retorno das competições, mas garantiu que não há mais nenhuma partida oficial no mês de abril.

"Eu acho que a gravidade dessa doença, se aumentar, pode prorrogar (o reinício do Campeonato Paulista). Se ela ficar estabiliza ou não chegar, porque mal chegou, muito diferente da Europa e da Ásia, é provável, sim, que volte em breve. Minimamente, nós sabemos que, antes do final do mês, não vai ter nada", pontuou.

"Não dá para saber quando volta porque a gente não sabe o dia de amanhã, né? Eu acho que isso aí (coronavírus) não deve se estender tanto não. É a minha opinião pessoal. Nós conversamos com muita gente, inclusive com a Federação", finalizou o dirigente alviverde.