Diretor do Guarani atrela boa campanha no Paulistão à permanência de Carpini

Com vitória no Dérbi 196, Bugre salta a 16 pontos e encaminha classificação às quartas de final

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 23 (AFI) - A campanha surpreende do Guarani até agora no Campeonato Paulista parece ter um responsável unânime entre imprensa e torcida: Thiago Carpini.

Entre os membros da diretoria e Conselho de Administração, tal concepção aparenta ser a mesma também.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes de Campinas, Sérgio do Prado atrelou o desempenho positivo do Bugre no Estadual à permanência do treinador, cobiçado no mercado.

Sérgio do Prado e Michel Alves: os diretores do Guarani - David Oliveira / Guarani FC
Sérgio do Prado e Michel Alves: os diretores do Guarani

"Eu não tenho a menor dúvida de que a boa fase do Guarani passa pela continuidade do Carpini e do elenco. O que nós estamos vivenciando no Paulistão começou lá em agosto do ano passado. Então a manutenção no futebol é tudo. A parcela de contribuição, porém, não é só dele (Carpini)", declarou o gerente de futebol.

"É claro que ele é o capitão e é quem norteia tudo. O sucesso tem que ser atribuído, na maior parte, a ele, mas aos jogadores, principalmente. Neste ano aqui, conseguimos manter uma parte da base, né. Isso ajudou muito. Aí vieram contratações que deram certo e com êxito", continuou o cartola.

EM ALTA

O trabalho de Thiago Carpini à frente do Guarani, a partir de agosto de 2019, chamou atenção de muitos clubes no país, inclusive de dois concorrentes da Série B.

Precavido com as sondagens, time campineiro, ainda em dezembro, antecipou-se às possibilidades de perda e efetuou a renovação contratual até o fim deste ano.

"O maior exemplo é o nosso treinador e o nosso comandante, Carpini. Ele quer ficar, é bugrino e gosta do Guarani. Tem proposta toda hora para ele", comentou Sérgio do Prado.

"Ele, em momento algum, deseja sair. Então essa continuidade, principalmente do treinador, estendo aos jogadores também, só valoriza", finalizou.