Após queda de tabu e virada histórica, goleiro dedica vitória à torcida do Guarani

Jefferson Paulino foi um dos principais nomes em campo no triunfo do Bugre em cima da Ponte Preta

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 17 (AFI) - Em dérbi que envolvia portões fechados no Brinco de Ouro e tabu de oito anos, o Guarani venceu a Ponte Preta por 3 a 2, de virada, em reação histórica, após terminar o primeiro tempo com desvantagem de dois gols.

Um dos principais destaques do jogo foi Jefferson Paulino. A confusão no final do clássico não tirou o brilho da vitória do Bugre. O goleiro foi um dos alvos do nervosismo do atacante Roger e não quis entrar em polêmica.

Dérbi 196: Jefferson Paulino dedica vitória à torcida do Guarani - David Oliveira / Guarani FC
Dérbi 196: Jefferson Paulino dedica vitória à torcida do Guarani

"Foram dois tempos distintos. Eles fizeram dois gols em duas bolas paradas. São jogadas que treinamos muito. Mesmo em desvantagem, em momento algum nossa equipe apelou para agressão ou algo parecido", pontuou.

MUDOU TUDO

Com postura diferente na segunda etapa, o Guarani diminuiu o placar logo aos 10 minutos com Júnior Todinho.

Após o gol, o time da casa partiu pra cima do rival, que usava os contra ataques para tentar matar o jogo.

Aos 34 minutos, a Macaca poderia fazer o terceiro, mas Paulino apareceu e fez grande defesa no chute forte de João Paulo. Posteriormente, o Alviverde virou com gols de Juninho Piauiense e Thallyson.

"Fico feliz em poder contribuir com meus companheiros em uma vitória histórica, ainda mais no dérbi. Eu quero dedicar essa vitória à torcida bugrina. Eles não puderam entrar no estádio, mas abraçaram a equipe na nossa chegada ao Brinco de Ouro", finalizou.

SORIN LANÇA DESAFIO