Apesar de queda precoce na Copa SP, Guarani acerta permanência de treinador do sub 20

Após reunião, Sérgio Baresi tem continuidade confirmada no comando bugrino para 2020

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 05 (AFI) - Após reunião na semana passada com a diretoria, Sérgio Baresi acertou permanência à frente do sub 20 do Guarani.

O treinador foi mantido no cargo pelo presidente Ricardo Miguel Moisés apesar da eliminação precoce na Copa São Paulo de Futebol Júnior - sem nenhuma vitória, Bugre caiu ainda na fase de grupos e como lanterna, com dois empates e uma derrota.

MUDANÇAS

O vínculo do profissional junto ao clube campineiro era válido até o encerramento do principal torneio de base do país, mas agora ganhou novo 'caráter'.

A partir de agora, Baresi é um legítimo funcionário do clube por meio da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), algo inexistente nos primeiros meses de trabalho - agora, não há contrato vigente, o que permite demissão assim que o clube entender ser pertinente.

Sérgio Baresi segue no comando técnico do sub 20 do Guarani - Letícia Martins / Guarani FC
Sérgio Baresi segue no comando técnico do sub 20 do Guarani

Na prática, porém, a mudança pouco interfere no dia a dia. A maior 'transformação' se dá aos integrantes da comissão técnica, agora registrados em carteira: casos do preparador de goleiros Carlos Magno (ex-Palmeiras e Corinthians) e do preparador físico Rodrigo Quito (ex-Shenzhen, da China).

O grupo de trabalho bugrino, todavia, sofreu uma baixa. Sinclair Garcia, assistente técnico, não continua no Brinco de Ouro, haja vista estar em processo de acerto com outro clube.

Apesar do desfalque de Sinclair, Baresi não exigiu reposição à diretoria e vai dar sequência ao trabalho sem o 'braço direito'. O apoio do ex-jogador será nos treinadores das categorias de base inferiores: sub 17 (Renato Morungaba) e sub 15 (Edson Pezinho), com os quais promete diálogo constante.

APRESENTAÇÃO

Após um mês de férias, a molecada do Guarani volta aos trabalhos na próxima segunda-feira, 10 de fevereiro.

A preparação física, técnica e tática acontece exclusivamente em Campinas, já de olho na estreia do Campeonato Paulista Sub 20, previsto para ter o pontapé na segunda quinzena de abril.

ANO NOVO, VIDA NOVA

Em relação ao elenco da Copa São Paulo, as mudanças são naturais. Além das promoções do goleiro Lucas Cardoso, do zagueiro Pedro Moraes e dos atacantes Renanzinho e Wermeson ao profissional, Baresi terá reunião com Alexandre Pena, coordenador técnico da base, para definir com quais jogadores vai trabalhar em 2020.

Certo mesmo é que os jogadores tido como 'apostas' e sem engrenar serão liberados pelo Guarani nas próximas semanas, sobretudo os que sequer foram inscritos na Copinha.