Paulistão: Pouco aproveitado, ex-Fluminense se despede do Guarani

Felipe Amorim chegou ao Bugre em janeiro, mas perdeu espaço com Thiago Carpini e não atua desde o início de outubro

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 03 (AFI) - A lista de jogadores que não vão continuar no Guarani para a temporada 2020 ganhou um novo nome nesta terça-feira. Emprestado pelo Fluminense, o meia Felipe Amorim se despediu do Bugre.

"Só tenho a agradecer ao Guarani pela oportunidade de vestir uma das camisas mais tradicionais do país. Não foi como imaginávamos em termos de resultado, mas fica meu agradecimento aos companheiros, diretores e torcedores. Agora é planejar o seguimento da minha carreira", disse o meia.

Felipe Amorim (ao centro) não permanecer no Guarani
Felipe Amorim (ao centro) não permanecer no Guarani
Felipe Amorim, de 28 anos, chegou ao Guarani em janeiro, mas não conseguiu se firmar entre os titulares. Ao longo da temporada, foram apenas um gol. A última vez que esteve em campo foi no dia 8 de outubro, na derrota bugrina para o Coritiba, por 1 a 0, no Couto Pereira.

O contrato do meia com o Fluminense chega ao fim neste ano e ele vai estar livre para definir seu próprio futuro. Existem algumas conversas em andamento, mas nada de concreto.

Antes de Felipe Amorim, outros jogos haviam deixado o Brinco de Ouro da Princesa, como o zagueiro Ferreira, o lateral Thallyson e os atacantes Diego Cardoso e Vitor Feijão.