Paulistão: Percentual de Davó é negociado, afirma presidente do Guarani; veja detalhes

De acordo com Ricardo Miguel Moisés, Bugre vendeu parte do passe no final de agosto

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 04 (AFI) - O atual presidente do Guarani, Ricardo Miguel Moisés, confirmou em entrevista à Rádio Central, a negociação de percentual do passe de Davó, principal ativo do clube nesta janela de transferências.

Segundo o mandatário, a transação foi feita no final de agosto, período em que o Bugre ainda era administrado por Palmeron Mendes Filho, o qual entregou carga de renúncia em 11 de setembro.

"O Guarani ainda tem 20% do Davó. Houve, sim, no final de agosto, negociação de 40% dos direitos econômicos dele com o próprio atleta e com o empresário", comentou.

Guarani mantém apenas 20% do passe de Davó - Letícia Martins / Guarani FC
Guarani mantém apenas 20% do passe de Davó

"Teve venda de parte dos direitos econômicos dele e preservamos 20%, os quais podem ser negociados num futuro breve. Não estávamos devendo nada ao jogador", emendou.

COBIÇADO

Principal destaque do elenco na Copa São Paulo de Futebol Júnior, Davó, agora agenciado pela Elenko Sports, foi promovido ao profissional no começo deste ano e foi titular (quase que) absoluto na maior parte da Série B do Campeonato Brasileiro, com três gols marcados em 30 partidas.

O destaque pelo clube campineiro despertou interesse de Santos e Corinthians no ataque - o Timão, entretanto, tem conversas adiantadas para sacramentar o negócio.

"Não, o Davó ainda não está fechado com o Corinthians. Há sim esforço da diretoria em conseguir segurá-lo para o Paulista", garantiu o mandatário.

E AGORA?

Com os jogadores de férias, o Conselho de Administração, junto à comissão técnica, trabalha no processo de reformulação do elenco.

O próximo jogo oficial do Guarani está agendado entre os dias 22 e 23 de janeiro, na abertura do Campeonato Paulista, diante da Internacional de Limeira, no Estádio Major Levy Sobrinho.