Série B: Nas vésperas do Dérbi 195, Guarani blinda elenco e adota tom de mistério

Todos os treinamentos do Bugre até o clássico serão feitos com portões fechados à imprensa

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 06 (AFI) - O assunto Dérbi 195 entrou, definitivamente, na pauta do Guarani. Se antes o clássico era tratado como 'plano secundário' em virtude do duelo frente o Bragantino, agora tornou-se um mantra dentro dos bastidores do clube.

Após revés em Bragança Paulista, o Guarani inicia, a partir desta quarta-feira, a preparação para reencontrar a Ponte Preta no sábado, 09 de novembro, às 16h30, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em duelo válido pela 34ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

SEM BRECHAS

A comissão técnica do Bugre optou por realizar treinamentos fechados nas três próximas sessões de trabalho - nesta quarta, por exemplo, a reapresentação ocorre às 14h30, no CT, e sem atendimento agendado aos jornalistas.

A blindagem ao plantel e o tom misterioso segue até sexta, data da última atividade e coletiva do comandante Thiago Carpini. Vale lembrar, entretanto, que a preparação será exclusivamente em Campinas, ao contrário do ano passado, quando passou alguns dias em Jaguariúna.

SEM DESLIZE

Sob mistério, Guarani inicia preparação para o Dérbi 195 - David Oliveira / Guarani FC
Sob mistério, Guarani inicia preparação para o Dérbi 195

O Bugre toma todo cuidado possível para não dar armas ao adversário antes de a bola rolar. Isso porque, em maio do ano passado, nas vésperas do Dérbi 191, uma provocação do ex-meia atacante, Bruno Nazário, serviu de combustível para motivar os pontepretanos.

Como consequência, o atleta, um dos principais destaques na campanha do acesso na Série A2, esteve apagado no clássico e a Macaca calou o Brinco de Ouro ao vencer por 3 a 2, de virada.

Internamente, a ideia é adotar o silêncio como 'palavra de ordem', colocar apenas jogadores mais maduros na entrevista (de quinta-feira, se houver) e trabalhar sem a presença da imprensa para tentar surpreender o rival.

Há também o entendimento de que, em se tratando de Dérbi, é possível, sim, vencer a Ponte também com trabalho sólido fora das quatro linhas.

COMO FICA?

O tropeço na última rodada, culminado ao empate sem gols entre Figueirense e Vila Nova, fez distância em relação à zona de rebaixamento cair para cinco pontos.

Em 14º lugar, o Guarani, porém, tem quase duas rodadas de vantagem em cima dos catarinenses.

Na previsão da comissão técnica, são necessários mais três ou quatro pontos dos 15 em disputa para afastar qualquer chance de disputar a Série C em 2020.