Série B: Meia do Guarani reclama de 'catimba' da Ponte e diz que empate foi injusto

Com igualadade, Bugre mantém cinco pontos de vantagem em relação à zona de rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP,09 (AFI) - O empate sem gols no Brinco de Ouro no dérbi contra a Ponte Preta não foi bem digerido pelo meio-campista Arthur, do Guarani. Na saída do gramado, ele se mostrou bastante insatisfeito com a postura adotada pelos rivais e considerou o resultado injustos.

“Não foi justo. Eles vieram aqui para isso, para catimbar o jogo. Ficou claro que venceram para empatar. O juiz também não foi bem, parou muito jogo, a bola não rolou. As melhores chances foram nossas, agente merecia a vitória”, disse Arthur em entrevista à Rádio Bandeirantes Campinas.

Foto: Letícia Martins / Guarani FC
Foto: Letícia Martins / Guarani FC

O empate, de fato, não foi dos melhores para o Guarani. Além de terminar o ano sem nenhuma vitória no clássico – perdeu por 3 a 0 no Paulistão e 1 a 0 no primeiro turno da Série –, o Bugre segue ameaçado pelo fantasma do rebaixamento.

A equipe comandado pelo técnico Tiago Carpini está em 14º lugar na tabela da segunda divisão nacional, com 40 pontos somados, cinco a mais que o Figueirense, primeiro time dentro da degola, em 17º lugar, com 35 pontos.