Série B: Crias da base encaram chance no profissional do Guarani como 'final de Copa'

O goleiro Carlão e o zagueiro Pedro Moraes estão entre os titulares do Bugre para enfrentar o Londrina

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 29 (AFI) - Já em clima de férias e bem remendado, o Guarani visita o Londrina, neste sábado, a partir das 16h30, no Estádio do Café, na rodada derradeira da Série B do Campeonato Brasileiro.

Entre as principais novidades na escalação estão as estreias do goleiro Carlão e do zagueiro Pedro Moraes, crias das categorias de base do Bugre, no time profissional.

"Narciso me falou há duas semanas que teria a chance e cobrou para continuar trabalhando firme. Estou muito feliz. O Guarani sempre foi um grande clube e revelou grandes jogadores", comentou Carlão, oscilando entre terceira e quarta alternativa ao longo da temporada.

"Individualmente, o jogo pode significar muito, porque é a grande chance de mostrar meu trabalho. Para nós é, sim, uma final de Copa do Mundo", emendou.

Pedro Moraes e Carlão estreiam no profissional do Guarani - David Oliveira / Guarani FC
Pedro Moraes e Carlão estreiam no profissional do Guarani
OUTRA PROMESSA

Titular na última edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior, ao longo da surpreendente campanha semifinalista, Pedro Moraes foi promovido ao time de cima no início de setembro para integrar os treinadores, logo depois da séria lesão de Bruno Lima.

"Estou feliz em vestir a camisa do Guarani profissionalmente. É um sonho se realizando. Trabalhei bastante, tive paciência e mereci, sim, essa chance. Sou grato ao Thiago Carpini, à comissão técnica e a todos que me ajudaram até aqui. Todo trabalho é recompensado de alguma maneira", destacou o defensor.

A escalação no Norte do Paraná tem: Carlão; Bruno Souza, Pedro Moraes, Bruno Silva e Bidu; Marcelo, Felipe Guedes, Filipe Cirne e Bady; Lucas Crispim e Diego Cardoso.

CENÁRIO

Livre do rebaixamento com duas rodadas de antecedência, o Guarani ocupa o 13º lugar, com 44 pontos na Série B.

Em caso de resultado positivo como visitante, a equipe bugrina termina à frente da rival Ponte Preta (47) na tabela.