Com contrato no fim, volante do Guarani pode se transferir a clube gaúcho em 2020

Felipe Guedes está na mira da diretoria do Pelotas para a próxima temporada

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 26 (AFI) - Com moral junto ao técnico Thiago Carpini, Felipe Guedes tem permanência incerta no Guarani para 2020.

O volante, uma das últimas contratações do ano, tem vínculo só até 30 de novembro em Campinas e está na pauta como possível reforço do Pelotas, atual campeão da Copa Seu Verardi, para o Campeonato Gaúcho.

De acordo com informação apurada, o jogador desperta, sim, interesse de renovação. O clube de Campinas sinalizou desejo em estender o vínculo para o ano que vem - a tendência é que as tratativas tornem-se mais intensas após o fim da Série B. Além do Pelotas, há outros clubes atentos em Guedes.

Felipe Guedes desperta atenção do Pelotas para 2020 - David Oliveira / Guarani FC
Felipe Guedes desperta atenção do Pelotas para 2020
"Gostamos do Felipe Guedes. Já jogou aqui no Pelotas. Seria interessante ter ele, aqui no Campeonato Gaúcho, dentro do grupo. É uma situação complicada né. Está jogando no Guarani, apesar de o clube não estar na melhor situação", falou Álvaro Prange, gerente executivo gaúcho, em entrevista ao Portal Futebol Interior.

"É difícil, também, fechar o contrato com este atleta. Já passou por aqui e conhecemos. É sempre importante contar com jogadores de qualidade, caso dele. É natural, sim, que haja interesse", completou o dirigente do Pelotas, em tom esperançoso.

PASSAGEM

O atleta de 28 anos foi oficializado no Brinco de Ouro em 03 de setembro, justamente no início da nova gestão técnica no Bugre - participou de 11 jogos nesta edição da Série B, sendo sete como titular e 819 minutos em campo, após se destacar pelo ABC na Série C.

Guedes ganhou boa rotatividade no segundo turno pelo Alviverde muito por conta das lesões de Deivid e Igor Henrique, os quais sofreram problemas musculares no período, ora como primeiro, ora como segundo volante.

PLANEJAMENTO

Em meio à reformulação do elenco para a próxima temporada, o Guarani tem poucos jogadores com contrato mais longo.

Entre os volantes, Ricardinho e o garoto Pedro Acorsi têm permanência garantida. A ideia do Departamento de Futebol é estender o vínculo de Deivid, um dos titulares. Por outro lado, Igor Henrique e Marcelo têm situação indefinida.