Técnico vibra com atuação, mas pede pé no chão no Guarani

Guarani já volta a campo nesta segunda-feira, novamente no estádio Brinco de Ouro

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP 12 (AFI) - Desde a chegada do técnico Thiago Carpini o Guarani reagiu na Série B do Campeonato Brasileiro - foram sete vitórias em onze jogos - e o rebaixamento para a Série C que ameaçava fica cada dia mais longe. Na última sexta-feira, o Bugre venceu o CRB por 1 a 0 e foi aos 35 pontos, cinco pontos distantes do Z4.

Após mais uma vitória bugrina, o treinador elogiou a atuação do time na partida no estádio Brinco de Ouro, mas pediu pés no chão aos atletas.

Carpini enalteceu entrega dos jogadores. Foto: David Oliveira / Guarani FC
Carpini enalteceu entrega dos jogadores. Foto: David Oliveira / Guarani FC

"Só o Guarani quis jogar e o time teve proposta, padrão e foi muito guerreiro. Tivemos um revés no meio da semana e a equipe respondeu rapidamente, assim como foi nos nossos últimos tropeços", explicou Carpini, que pediu calma.

"Nossa briga continua sendo contra o rebaixamento. Ainda não atingimos a pontuação necessária para respirar na competição. Temos que colocar o pé no chão e ir vivenciando jogo por jogo. De um time desacreditado, com 13 pontos, e hoje a gente está, jogo a jogo, buscando a nossa permanência. Estou feliz com o que o nosso grupo tem entregado."

O Guarani já volta a campo nesta segunda-feira, novamente no estádio Brinco de Ouro. O time campineiro recebe o Botafogo-SP, às 20, na abertura da 29º rodada da Série B.