Série B: Para aumentar fluxo de caixa, diretoria do Guarani acerta com dois patrocinadores

Bromberg Construtora (costas) e Aluam Indústria (manga) são os novos parceiros do Bugre para a sequência do ano

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 08 (AFI) - O Guarani oficializou, horas antes de enfrentar o Coritiba nesta terça-feira, o acerto com dois patrocinadores para a sequência da Série B do Campeonato Brasileiro: Bromberg Construtora (costas) e Aluam Indústria (manga).

O contrato entre as partes dura, ao menos, até dezembro, com possibilidade de renovação para o Campeonato Paulista de 2020, cuja vitrine é excelente para manter os parceiros e trazer novos interessados em divulgar a marca.

Desta forma, o Bugre alcança a sétima publicidade no atual uniforme: Magnum (master), Iescamp (peito), Aluam Indústria (mangas), Projlab (costas superior), Bromberg Construtora (costas inferior), CDE - Diagnóstico por Imagem (frente do calção) e Top Mais (atrás do calção).

Uniforme do Guarani ganha dois parceiros para a sequência do ano - David Oliveira / Guarani FC
Uniforme do Guarani ganha dois parceiros para a sequência do ano

O 'preenchimento' do manto alviverde é celebrado pelo presidente Ricardo Miguel Moisés para aumentar o fluxo de caixa e permitir honrar com os vencimentos do elenco até dezembro.

FONTES DE RENDA

O mandatário, aliás, viajou à sede da Confederação Brasileira de (CBF), no Rio de Janeiro, na última semana, com objetivo de agilizar a liberação de cotas - na atual temporada, embolsou R$ 6 milhões brutos (com impostos a serem descontados) em dez parcelas iguais a partir do início do ano por disputar a segunda divisão nacional.

O que serve de alento aos cofres do Guarani é a possível venda de Davó ao Corinthians - uma reunião entre o clube da capital e o empresário deve acontecer até sexta-feira.

Vale lembrar que o time campineiro é dono de 60% dos direitos econômicos do atacante, cuja multa rescisória para o mercado interino é de R$ 8 milhões.