Série B: Carpini isenta elenco de culpa e assume responsabilidade por derrota do Guarani

Bugre dependia de vitória simples no Brinco de Ouro para, enfim, escapar da zona de rebaixamento

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 07 (AFI) - Thiago Carpini isentou o elenco de qualquer culpa após derrota do Guarani, em pleno Brinco de Ouro da Princesa, diante do Oeste, por 3 a 2, em duelo válido pela 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Apesar da coleção de erros defensivos, os quais culminaram nos gols do Rubrão, o técnico interino assumiu a responsabilidade pelo revés, que mantém o Bugre afundado na lanterna, com apenas 19 pontos.

"Atribuo a mim a responsabilidade pelos gols sofridos. Eu sou o comandante. A responsabilidade é toda minha e não deles. Os atletas fizeram o que eu pedi para ser feito. Os erros acontecem. Só quem está em campo erra. A gente continua com total confiança. O campeonato não acaba hoje. Há ainda muitos jogos pela frente. Sigo confiante e trabalhando", pontuou, em entrevista.

Thiago Carpini tem 50% de aproveitamento no Guarani: duas vitórias e duas derrotas - Letícia Martins / Guarani FC
Thiago Carpini tem 50% de aproveitamento no Guarani: duas vitórias e duas derrotas

Sem Deivid, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o time campineiro perdeu o famoso 'cão de guarda' à frente da defesa e não mostrou vulnerabilidade na tentativa de conter os avanços do rival paulista.

"O Deivid é um jogador que dá proteção à defesa. Foi algo pensado durante a semana e fui até questionado sobre isso na coletiva. Comentei sobre perdas e ganhos com a possível entrada do Ricardinho. São nomes de características diferentes. A ideia era ficar com a bola e circular. Isso aconteceu. Em alguns momentos, deixamos um pouquinho a desejar. Foi uma opção minha, por isso a responsabilidade é minha", assegurou.

"Quando perdemos e falhamos, há mania de buscar o porquê e apontar culpados. A partir de amanhã já é página virada. Temos uma semana para trabalhar e buscar fora o que deixamos escapar em casa. Vou seguir dando confiança ao grupo e corrigir uns detalhes", arrematou Carpini.

O Guarani volta a campo no próximo sábado, diante do Vitória, no Estádio Barradão, em Salvador, às 16h30. Será mais um confronto direto na luta contra a zona da degola.