Série B: Ex-Ponte recusa proposta e Guarani segue em busca de treinador

Gilson Kleina estava disposto a comandar o Bugre, mas voltou atrás após conversa com familiares

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 22 (AFI) - O plano A do Guarani para substituir Roberto Fonseca foi por água abaixo. Atendendo pedido dos familiares, Gilson Kleina recusou a proposta feita pela diretoria alviverde, que segue em busca de um novo treinador para sequência da Série B do Brasileiro.

De acordo com o repórter Marcos Luiz, da Rádio Bandeirantes de Campinas, o estafe de Gilson Kleina estava disposto a aceitar a proposta bugrina, mas o treinador recuou depois de um pedido da sua família.

O Portal Futebol Interior tentou contato com Gilson Kleina e o empresário Hugo Magalhães, mas não obteve retorno.

Gilson Kleina recusou a proposta do Guarani por questão familiar
Gilson Kleina recusou a proposta do Guarani por questão familiar
Hugo Magalhães esteve no Brinco de Ouro da Princesa na tarde desta quinta-feira, pois ele também é empresário de Roberto Fonseca e foi acertar a rescisão do ex-treinador. De quebra, ouviu a proposta da diretoria por Gilson Kleina.

O Guarani ofereceu R$ 180 mil para toda a comissão técnica, além de uma premiação alta se Gilson Kleina conseguisse livrar o clube do rebaixamento para a Série C do Brasileiro. O vínculo iria até dezembro com possibilidade de renovação em caso de permanência na Série B.

HISTÓRIA NO RIVAL
Gilson Kleina é o quarto treinador que mais dirigiu a Ponte Preta na história, com 161 partidas. Juntando suas três passagens, o treinador foi vice-campeão paulista em 2017 e conquistou o acesso à elite em 2011. No ano passado, com uma arrancada incrível, quase subiu com a Macaca na Série B.

QUEM VEM?
Com a recusa de Gilson Kleina, a diretoria bugrina vai ao mercado em busca de um novo treinador. Um dos nomes especulados nos bastidores do Brinco de Ouro da Princesa é o de Roberto Cavalo, que está sem clube desde que deixou o Botafogo-SP no início de agosto.

Na lanterna da Série B, com apenas 13 pontos, o Bugre volta a campo no domingo, contra o América-MG, na Arena Independência, pela 18ª rodada. O time será comandado de forma interina pelo auxiliar-técnico Thiago Carpini.