Guarani 2 x 1 Palmeiras - Bugre joga bem e bate Verdão

Edu Dracena abriu o placar para o time da capital, mas Diego Cardoso e Bady deram a vitória ao alviverde do interior

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 03 (AFI) - O Guarani deixou os mais de cinco mil torcedores presentes no Brinco de Ouro da Princesa empolgados para a sequência da temporada. Na noite desta quarta-feira, o Bugre jogou bem e ganhou o amistoso do Palmeiras, por 2 a 1, de virada.

Agora, os times se preparam para o reinício das suas competições. O Guarani busca a recuperação na Série B, onde aparece na penúltima colocação, com apenas cinco pontos. Já o Palmeiras tem pela frente o Brasileirão, a Copa do Brasil e a Libertadores.

No próximo dia 12, o Bugre encara o CRB, no Rei Pelé, pela nona rodada da Série B. Dois dias antes, o Palmeiras recebe o Internacional, no Allianz Parque, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

VERDÃO NA FRENTE
O primeiro susto palmeirense veio aos 50 segundos em um lance estranho. A bola foi recuada para Weverton, que chutou forte em direção ao gol de Kléver. O goleiro bugrino quase foi encoberto e fez a defesa em dois tempos. Na sequência, após cobrança de escanteio, Edu Dracena finalizou rasteiro e novo camisa 1 bugrino salvou.

De tanto pressionar, o Verdão abriu o placar no Brinco de Ouro aos nove minutos. Dudu cruzou na marca do pênalti e Edu Dracena subiu livre para cabecear. Aos 15, Vitor Feijão foi derrubado por Dudu dentro da área e o árbitro assinalou pênalti, desperdiçado pelo próprio camisa 11. Com as pernas, Weverton defendeu a cobrança no meio do gol.

Aos 26, Dudu arriscou de fora da área, a bola desviou no meio do caminho e passou assustando Kléver. Na sequência, Luan por muito pouco não completou cruzamento. Aproveitando a diminuída de ritmo do Palmeiras, o Guarani melhorou nos minutos finais. Lenon cruzou rasteiro e Michel Douglas desviou rente a trave.

VIRADA BUGRINA
O Palmeiras voltou do intervalo com várias alterações e o Guarani aproveitou a oportunidade para empatar aos 15 minutos. Armero tocou para Diego Cardoso, que foi puxado por Victor Luis dentro da área. O atacante deslocou Weverton e deixou tudo igual, animando os torcedores presentes no Brinco de Ouro da Princesa.

A virada só não veio na sequência porque a finalização de Eder Luis saiu por cima do travessão. Aos 28, Bady bateu na saída de Weverton e Victor Luis, de carrinho, tirou quase em cima da linha. A resposta palmeirense veio sete minutos depois. Artur Cabral tabelou com Raphael Veiga e cabeceou rente a trave.

Aos 39, o Guarani conseguiu a virada. Davó cruzou e Deivid Souza cabeceou na trave. No rebote, Bady completou para o gol aberto. Nos minutos finais, o Palmeiras esboçou uma pressão em busca do empate, mas não conseguiu marcar.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
1ª rodada
Data
03/07/2019
Horário
19h00
Local
Brinco de Ouro - Campinas (SP)
Árbitro
Vinicius Furlan

Renda
R$ 84.187,00
Assistentes

Público
5.260 torcedores
Cartões Amarelos
Guarani-SP: Armero, Igor Henrique, Ricardinho, Bruno Silva
Palmeiras-SP: Diogo Barbosa, Felipe Melo

Gols
Guarani-SP: Diego Cardoso 15' 2T, Bady 39' 2T
Palmeiras-SP: Edu Dracena 9' 1T
Guarani-SP
Klever (Jefferson Paulino);
Lenon, Ferreira, Bruno Silva e Armero;
Ricardinho, Igor Henrique (Bruno Lima) e Arthur Rezende (Deivid Souza);
Diego Cardoso (Bady), Michel Douglas (Davó) e Vitor Feijão (Éder Luis).
Técnico: Roberto Fonseca.
Palmeiras-SP
Weverton;
Marcos Rocha (Jean), Luan (Fabiano), Edu Dracena e Diogo Barbosa (Victor Luis);
Felipe Melo (Thiago Santos), Bruno Henrique (Moisés), Zé Rafael (Carlos Eduardo), Lucas Lima (Raphael Veiga) e Dudu (Hyoran);
Deyverson (Arthur Cabral).
Técnico: Luiz Felipe Scolari.