Ídolo analisa temporada do Guarani: "Ficar na Série B seria uma grande coisa"

Amoroso não crê no Bugre brigando pelo acesso, mas quer o time longe da zona de rebaixamento

por Kim Belluco

Campinas, SP, 20 (AFI) - O desempenho abaixo do esperado no Campeonato Paulista - sequer classificou para as quartas de final -, na Copa do Brasil, onde foi eliminado logo na primeira fase frente ao Avenida-RS e no Campeonato Brasileiro da Série B - aparece na zona de rebaixamento - não animou o ídolo do clube Amoroso. Na visão do ex-atacante, a permanência do Bugre na Segunda Divisão seria uma grande conquista para o ano de 2019.

"O Guarani é minha casa. É um clube pelo qual tenho um carinho imenso e um grande respeito. Espero que possam aproveitar a parada da Copa América para se organizarem. Com o comando de Roberto Fonseca, minha torcida é para que saiam da zona de rebaixamento", disse Amoroso, em entrevista ao Portal Futebol Interior.

"Agora é tentar terminar a temporada não necessariamente brigando pelo acesso, pois, para isso, precisa ter um respaldo, uma estrutura para aguentar à Série A. Só de se manter na Série B seria uma grande coisa", completou o ex-jogador.

Amoroso analisou a campanha do Guarani
Amoroso analisou a campanha do Guarani
SITUAÇÃO
O Guarani vem de cinco tropeços consecutivos na Série B. Empate sem gols diante do Paraná e derrotas para: Criciúma (1 a 0), Brasil de Pelotas (2 a 1), Atlético-GO (1 a 0) e Coritiba (1 a 0). O único triunfo foi diante do Vitória por 3 a 2.

Os números deixaram o Bugre, antes da parada da Copa América, na vice-lanterna, com cinco pontos, apenas na frente do Vitória, com quatro. Completam a degola: América-MG, cinco, e Operário-PR, sete.

Na próxima rodada, o Guarani enfrenta o CRB no dia 12 de julho (sexta-feira), às 19h15, no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).