Polícia registra B.O. após briga de torcida; Vítima passa por cirurgia, mas segue na UTI

O confronto aconteceu no bairro Proença, após triunfo do Guarani diante do Vitória

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 14 (AFI) - A Polícia Civil registrou um Boletim de Ocorrência da briga entre torcedores de Ponte Preta e Guarani, na última segunda-feira, após o triunfo do Bugre diante do Vitória, pela terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. As investigações vêm sendo realizadas, mas ainda ninguém foi preso.

Espaço incorporado por HTML (embed)

"A Polícia investiga uma tentativa de homicídio ocorrida na noite desta segunda-feira, 13, na Rua Padre Vieira, no bairro Proença, em Campinas. Uma equipe da Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de briga de torcida. No local, um homem de 26 anos foi encontrado com ferimentos causados por disparo de arma de fogo. A vítima foi socorrida pelo Samu ao Hospital Márgio Gatti, onde permanece internada. A perícia foi acionada e compareceu ao local dos fatos. A ocorrência foi registrada como tentativa de homicídio pelo plantão do 1º DP e será encaminhada ao 10º DP, que é a área dos fatos. BO 4968/2019 - Delegado Thiago Reis", afirma o B.O.

FERIDOS
Entre os feridos, aquele que mais preocupa é um jovem, com as iniciais 'KTS'. As informações pela manhã desta terça-feira é que um torcedor bugrino torcedor levou dois tiros. Uma bala teria sido retirada pelos médicos e que estava alojada num dos pulmões.

Samu atendeu um torcedor bugrino em estado grave
Samu atendeu um torcedor bugrino em estado grave

A preocupação é que outra bala está na coluna e os médicos vão aguardar mais um tempo para avaliar a situação. Mesmo porque há sérios riscos dele ficar com sequelas graves, como a perda dos movimentos nas pernas.

Nem Guarani, e nem a Ponte Preta se pronunciaram sobre o ocorrido. Enquanto o Bugre desencantou na Série B ao conquistar sua primeira vitória, o time alvinegro ainda não venceu e aparece na zona de rebaixamento.