Dérbi 193: Com mais opções, Osmar Loss estuda mudanças no Guarani

O treinador não vai abrir os treinamentos para a imprensa, mas Léo Príncipe e Felipe Amorim podem aparecer entre os titulares

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 12 (AFI) - A escalação do Guarani para o dérbi de sábado será conhecido apenas momentos antes da bola rolar no Estádio Moisés Lucarelli. Mas existe a possibilidade de Osmar Loss realizar mudanças em algumas posições.

Assim como vem fazendo desde o início da temporada, o treinador bugrino não abre os treinamentos para a imprensa. No entanto, não é difícil prever que alguns setores sofram mudanças, já que o rendimento do time nas últimas rodadas não vem sendo bom, por mais que Osmar Loss diga ao contrário.

O lateral Léo Príncipe pode ser uma das novidades do Guarani no dérbi de sábado
O lateral Léo Príncipe pode ser uma das novidades do Guarani no dérbi de sábado
Na lateral direita, por exemplo, o treinador não deve mais precisar improvisar o volante Fabrício Costa. Isso porque Léo Príncipe vem treinando normalmente depois de ter sido liberado pelo departamento médico na semana passada. O experiente Lenon corre contra o tempo para ficar à disposição.

Outra possível alteração é no meio-campo. Afastado desde a quarta rodada, quando sofreu uma lesão muscular na vitória sobre o São Paulo, Felipe Amorim vive a expectativa de "roubar" a vaga de Carlinhos, que vem sendo bastante criticado pelos torcedores. Amorim, inclusive, entrou no decorrer do jogo contra o Ituano para ganhar ritmo.

NÚMEROS
Sem ganhar há dois jogos, o Guarani ocupa a terceira colocação do Grupo B, com 14 pontos, dois a menos que o vice-líder Novorizontino. O principal adversário bugrino por uma vaga nas quartas de final entra em campo na sexta-feira diante do Santos, no Pacaembu.

Considerado o maior clássico do interior brasileiro, o dérbi já foi realizado outras 192 vezes, com 66 vitórias do Bugre contra 62 da Macaca, além de 63 empates e um resultado desconhecido.