Guarani perde goleiro titular para time do Brasileirão

Agenor é aguardado neste sábado no Rio de Janeiro para realizar exames médicos e assinar com o Fluminense

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 05 (AFI) - Faltando duas semanas para o início do Campeonato Paulista, o Guarani vem sofrendo algumas baixas inesperadas. Além do zagueiro Philipe Maia, que está indo para o Vila Nova, o Bugre perdeu o goleiro Agenor para o Fluminense. Ambos terminaram 2018 como titulares.

Apesar da contratação de Giovanni, Agenor começaria o ano como titular depois de ter sido um dos poucos destaques do Guarani na reta final do último Campeonato Brasileiro da Série B, quando disputou 17 jogos e sofreu 13 gols. Em dezembro, inclusive, o Bugre bancou sua permanência apesar do interesse do Figueirense.

Agenor (à esq.) deixou Sorocaba, onde realizada a pré-temporada junto ao restante do elenco bugrino
Agenor (à esq.) deixou Sorocaba, onde realizada a pré-temporada junto ao restante do elenco bugrino
Agenor tinha vínculo com o Guarani até junho e já poderia assinar um pré-contrato com qualquer outro clube. Para liberá-lo antes do prazo, o Bugre vai receber uma compensação financeira do Fluminense e ainda ficar com 40% em caso de uma futura transferência.

No Fluminense, Agenor vai disputar uma vaga entre os titulares com Rodolfo, enquanto o jovem Marcos Felipe é a terceira opção. Por outro lado, o Guarani deve ir atrás de um novo goleiro, já que o técnico Osmar Loss conta agora com o experiente Giovanni e os pratas da casa Passarelli e Carlão.

Revelado nas categorias de base do Internacional, Agenor tem 29 anos e passou por Criciúma, Joinville e Sport antes de chegar ao Guarani durante a Série B de 2018. O seu melhor momento da carreira foi em 2015, defendendo o JEC. Na ocasição, ele foi apelidado pelos torcedores de "Ageneuer" em referência ao goleiro alemão Neuer.

 
 
" />