Série B: Técnico do Guarani afirma que faltou agressividade ao time

Para Umberto Louzer, faltou o time seguir pressionando no segundo tempo

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 07 (AFI) – Um dia após o empate sem gols em Florianópolis contra o Figueirense, Umberto Louzer, técnico do Guarani, analisou o duelo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. Para o treinador, o Bugre teve um bom início de jogo, mas não foi agressivo o suficiente para conseguir o resultado.

“Primeiro tempo poderíamos ter saído na frente. Na segunda etapa nós tivemos um pouco do controle do jogo, mas faltou agressividade para continuar criar oportunidade de gol. É claro que o resultado é ruim, precisávamos da vitória. Agora é olhar pra frente, sábado temos mais uma oportunidade dentro de casa, continuar nesta sequencia de boa performance para sair de campo com a vitória”, afirmou

O próximo compromisso do Bugre será neste sábado, às 21h00, contra o Paysandu, no Brinco de Ouro. Sabendo da dificuldade de encostar na zona de classificação, o treinador exaltou a importância de fazer uma boa atuação e ir em busca da vitória para continuar na briga pela parte de cima da tabela.

“Temos que honrar esta camisa, honrar a nossa imagem, temos uma oportunidade de jogar dentro de casa precisamos fazer uma boa atuação, conquistar a vitória e continuar sonhando”, conclui. “Nós escorregamos em pontos nas rodadas passadas. Dentro de casa temos que se impor para sair com a vitória”, finalizou o treinador.

 
 
" />