Luto! Morre Eraldo, marcante zagueiro do Guarani dos anos 1960

O jogador era reconhecido como um dos melhores marcadores do Rei Pelé

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 15 (AFI) - O Guarani está de luto. Faleceu no início da madrugada desse sábado o ex-zagueiro Eraldo, que durante quase dez anos foi titular absoluto da quarta zaga do Bugre.

Vindo do Taquaritinga, Eraldo marcou época na década de 60 sendo titular e ídolo da torcida bugrina.

Após encerrar a carreira, ele radicou-se em Campinas e vivia pelo centro da cidade, sempre conversando com torcedores do Guarani, mas no últimos anos não estava bem de saúde.

Eraldo se notabilizou como ótimo marcador de Pelé
Eraldo se notabilizou como ótimo marcador de Pelé
Eraldo tinha 82 anos e será enterrado nesse sábado, em Campinas. Entre as passagens marcantes do zagueiro no Guarani, destaca-se a lendária vitória bugrina por 5 a 1 em cima do Santos, em novembro de 1964, quando Eraldo foi considerado um dos melhore jogadores da partida, tendo anulado o Rei Pelé.

O Guarani divulgou uma nota de pesar sobre o falecimento. Confira:

Com profundo pesar, o Guarani Futebol Clube informa e lamenta o falecimento do ex-zagueiro Eraldo Cabeção. Eraldo, faleceu na madrugada deste sábado, em Campinas. Eraldo sofria de epilepsia e um quadro clínico bastante agravado. O ex-zagueiro defendeu as cores do alviverde campineiro em 1962 e 1967.

Eraldo esteve presente, entre muitas partidas, na histórica goleada do Bugre sobre o Santos de Pelé, no dia 18 de novembro de 1964. Na ocasião o grande destaque da partida foi sua atuação que o rendeu o apelido de “Zagueiro que parou Pelé”.

O Guarani por meio de seu Conselho de Administração externa os sentimentos à família e aos amigos. O futebol está de luto. Descanse em paz, Eraldo.

 
 
" />