FPF veta instrumentos e acessórios de torcida organizada do Guarani na Série B

A medida foi aplicada devido a invasão na sede da Torcida Jovem da Ponte Preta após a conquista do título da Série A2

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 12 (AFI) – A torcida do Guarani sofreu um baque nesta quinta-feira. A Federação Paulista de Futebol vetou o uso de instrumentos e qualquer objetivo que faça referência à torcida organizada. A medida vai valer já para a estreia do time na Série B do Brasileiro, diante do Fortaleza, nesta sexta-feira.

Guarani não poderá usar bandeiras ou qualquer outro instrumento contra Fortaleza
Guarani não poderá usar bandeiras ou qualquer outro instrumento contra Fortaleza
Isso foi um pedido do Ministério Público devido a invasão à sede da Torcida Jovem da Ponte Preta, no último sábado, após a conquista do Campeonato Paulista da Série A2 pelo Guarani. Alguns torcedores bugrinos invadiram o local e o depredaram, gerando um boletim de ocorrência por parte dos ponte-pretanos.

A Torcida da Jovem, inclusive, reivindicou uma mudança do local do primeiro dérbi da Série B, marcado para o próximo dia 5. A ideia é transferir o duelo para longe de Campinas, evitando assim um confronto entre os torcedores das duas agremiações.

As autoridades ficaram de analisar o caso, mas, por enquanto, a partida seguirá em Campinas. Logicamente, a PM garantiu que fará um trabalho diferenciado para evitar qualquer sinal de violência por causa de torcedores.

 
 
" />