Paulista A2: Zagueiro rescinde com o Guarani para ser companheiro de Jô no Japão

Negociado durante a semana, William Rocha teve sua saida acertada e se despede nesta sexta-feira

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 09 (AFI) – A saída do zagueiro William Rocha do Guarani para o futebol japonês se confirmou no fim da noite da última quinta-feira. Liberado dos treinamentos para tratar da transferência desde terça-feira, o zagueiro rescindiu o contrato com o time campineiro.

William Rocha é o novo reforço do Nagoya Grampus, do Japão, onde será companheiro do atacante Jô, ex-Corinthians. O clube marcou uma entrevista coletiva de despedida para o atleta nesta sexta-feira.

Como o Guarani possuía parte dos direitos econômicos do jogador, o presidente Palmeron Mendes Filho participou da coletiva para explicar se o time receberá alguma arrecadação com a transferência do atleta. O clube deverá ir ao mercado para buscar um substituto. Gualberto, ex-Paysandu, e Bruno Aguiar, que já defendeu o Bugre, estão na lista de reforços.

William Rocha se despede do Guarani nesta sexta (Foto: Gabriel Ferrari/GuaraniPress)
William Rocha se despede do Guarani nesta sexta (Foto: Gabriel Ferrari/GuaraniPress)

Titular neste início de Série A2, o jogador já não havia sido relacionado para o confronto do próximo sábado, contra o Sertãozinho. Ao todo, o defensor realizou 17 jogos e marcou dois gols com a camisa do Guarani.

CARTOLA TRANSPARENTE
O presidente explicou que o clube vai ter uma compensação financeira muito vantajosa no negócio e que vai priorizar a quitação de débitos salariais. Porém, não revelou os valores.

"Temos ainda algumas pendência ainda da Série B do ano passado e vamos quitar boa parte disso. e deixar todos os pagamentos em dia aqui dos jogadores que estão no atual elenco" - explicou Palmeron.

A negociação foi feita pelo empresário Nenê Zini, que naturalmente terá sua comissão no negócio. Ano passado ele emprestou uma grande quantia para ajudar o clube a não cair na Série B. Seria algo perto de R$ dois milhões. Zini também já ajudou o clube outras vezes, como na administração de Álvaro Negrão, há anos atrás.

DESPEDIDA EMOCIONADA
O jogador ficou emocionado na despedida e agradeceu ao clube pela oportunidade de lhe dar projeção nacional.

"Eu sou torcedor do Guarani e só saio porque é um negócio bom para todos os lados, inclusive para minha família. Mas espero um dia voltar ao Guarani e disputar um dérbi, que eu esperava com ansiedade" - disse o jogador. Quando o Guarani se manteve na série B e a Ponte Preta caiu da Série a, o zagueiro usou as redes sociais para lembrar que esperava pelo dérbi em 2018 - o último aconteceu em 2013.

O JOGO
O compromisso do time bugrino será contra o Sertãozinho, sábado, às 19 horas, na casa do adversário.

Antes do início da rodada, o Guarani soma nove pontos, em quinto lugar. O Sertãozinho também soma os mesmos nove pontos, ficando em sexto lugar porque perde no saldo de gols: 4 a 1. É a expectativa de um grande jogo, porque quem vencer pode entrar no G4 – zona de classificação.