Luto: Morre Neneca, goleiro campeão brasileiro com o Guarani

Batizado Hélio Miguel, Neneca estava com 67 anos e começou sua carreira no Londrina-PR destacando-se pela sua altura

por Agência Futebol Interior

Londrina, PR, 25 (AFI) – O futebol brasileiro está de luto. Morreu o ex-goleiro Neneca, campeão brasileiro com o Guarani em 1978. Neneca lutava contra um câncer na medula e nos rins. Neneca morreu na madrugada deste domingo no Hospital do Câncer de Londrina e será enterrado ainda neste final de semana.

O ex-goleiro Neneca será enterrado nesta segunda-feira, às nove horas, no cemitério Parque das Oliveiras, em Londrina.

Batizado Hélio Miguel, Neneca estava com 67 anos e começou sua carreira no Londrina-PR destacando-se pela sua altura já que na ocasião não era comum goleiros altos. Também tinha ótima colocação e reflexos apurados.

Do Londrina, após um período de testes no Santos, Neneca esteve no América Mineiro e firmou-se definitivamente no Náutico, conquistando o título pernambucano em 1974 e chegando a ficar 18 jogos sem tomar gols.

Em 1976 foi negociado com o Guarani, quando atingiu sua melhor fase sendo campeão brasileiro em 1978 formando em um time histórico como Neneca; Mauro (também falecido), Gomes, Edson e Miranda; Zé Carlos, Zenon e Renato; Capitão, Careca e Bozó, com Carlos Alberto Silva sendo o treinador.

Ficou no Guarani até 1980 quando foi vendido para o Operário-MS, retornando ao Londrina e sendo campeão paranaense em 1981.

Depois, em final de carreira, jogou no Fluminense-BA, Bragantino, Votuporanguense e Nove Julho de Cornélio Procópio-PR, onde encerrou a carreira em 1988, passando a fazer jogos exibição da Seleção de Jogadores Veteranos.

Ao encerrar a carreira, trabalhou como treinador de goleiros em alguns clubes como Londrina e nas categorias de base do Guarani e vivia em Londrina

 
 
" />