Libertadores: Grêmio corta mais dois jogadores após sintomas de Covid-19

Lateral-direito Victor Ferraz e o zagueiro Emanuel voltarão ao Brasil em voo fretado

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 07 (AFI) - O lateral-direito Victor Ferraz e o zagueiro Emanuel engrossaram a lista de desfalques do Grêmio para o duelo contra o Independiente del Valle pela terceira fase da Libertadores. A dupla apresentou sintomas de Covid-19 e foi cortada do jogo no Equador.

"O Grêmio informa que os atletas que testaram positivo em Quito para Covid 19 - Vanderson e Paulo Victor - voltarão nesta quarta-feira para Porto Alegre, às 18h (horário local), em voo sanitário privado contratado pelo Clube.

Mais dois casos no Grêmio. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio)
Mais dois casos no Grêmio. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio)
Além de ambos, o DM informa que os atletas Victor Ferraz e Emanuel também seguirão de volta ao Brasil, na mesma aeronave, em razão de apresentarem sintomas como dores musculares, cefaleia e dores de garganta. Esses dois últimos fizeram 3 exames PCR’s e 2 antígenos e testaram negativo em todos eles. Desde a saída da delegação de Porto Alegre até deixar Quito foram feitos 152 exames nos 48 integrantes da delegação", diz a nota oficial do Grêmio.

OUTROS CASOS!
Antes, o Grêmio já havia registrado mais três casos de Covid-19. O técnico Renato Gaúcho e o zagueiro Paulo Miranda também testaram positivo, bem como o preparador físico Réverson Pimentel. Diante do surto de Covid-19, as autoridades do Equador queriam que o clube brasileiro passasse por isolamento antes da partida.

A Conmebol agiu rápido e transferiu o duelo para sexta-feira, às 19h15, no Defensores del Chaco, no Paraguai.