Kannemann mira vitória na prévia da decisão da Copa do Brasil com o Palmeiras

Zagueiro argentino do Grêmio mostra otimismo na conquista dos três pontos, em partida válida pelo Brasileirão

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 13 (AFI) - Grêmio e Palmeiras vão decidir a Copa do Brasil em fevereiro. Os mandos de campo serão sorteados nesta quinta-feira. Antes dos confrontos, as equipes medem forças nesta sexta-feira, pelo Brasileirão, no Allianz Parque, e o zagueiro Kannemann mostra otimismo na conquista dos três pontos.

Quinto colocado do Brasileirão, sete pontos atrás do líder São Paulo e com um jogo a menos, o Grêmio sonha em brigar pelo título e, para isso, precisa ir bem na casa do Palmeiras. Kannemann acredita que surpreender os paulistas é possível.

"Tem sido um campeonato bastante competitivo, As rodadas que faltam têm muitos confrontos diretos e pode acontecer qualquer coisa", previu. "Nós trataremos de fazer nosso trabalho, jogo a jogo, enfrentaremos o Palmeiras e tentaremos trazer os três pontos", enfatizou.

Kannemann quer vitória contra o Palmeiras antes da final da Copa do Brasil (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
Kannemann quer vitória contra o Palmeiras antes da final da Copa do Brasil (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

MOMENTO

O defensor argentino preferiu não falar sobre um possível desgaste físico e mental dos palmeirenses em função da sofrida classificação à final da Libertadores e procurou focar na concentração gremista após a bela ascensão na competição. Chegou a figurar no 15.° lugar e agora está em uma enorme série invicta.

"A mentalidade depende de cada um, seja qual for a situação mental, nós pensamos em nós", disse Kannemann. "Vamos brigar até o final no Brasileirão. Temos nossas forças e trataremos de jogar o melhor possível."

RECUPERADO

Depois de passar um tempo machucado e depois afastado por causa da covid-19, o argentino garante estar plenamente recuperado e pronto para ajudar o Grêmio nesta reta final de temporada na qual a equipe buscará os títulos da Copa do Brasil e do Brasileirão.

"Estou muito bem, preparado, 100% e com muita vontade. Estou feliz de poder jogar bola, de poder trabalhar, de estar brigando em cima no Campeonato Brasileiro e de estar em uma final de Copa do Brasil."

Sem Geromel, o parceiro de zaga ideal, Kannemann vem atuando ao lado de jovens defensores, como Rodrigues, e já viu Ruan ser utilizado por Renato Gaúcho. Satisfeito, ele elogia a nova safra do clube.

"A relação é muito boa, é um ótimo grupo. Eles são guris que, além das qualidades técnicas, são boas pessoas, que escutam, que querem melhorar e que tentam ajudar o Grêmio."