Libertadores: Jogador titular do Grêmio descarta favoritismo contra o Guaraní

Vanderlei concedeu entrevista coletivo na chegada em Assunção, onde acontece o primeiro jogo das oitavas de final

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 25 - A sequência positiva do Grêmio na temporada anima o goleiro Vanderlei para o duelo desta quinta-feira contra o Guaraní, às 21h30 (de Brasília), pelas oitavas de final da Copa Libertadores. O goleiro, porém, não considera que o time gaúcho seja favorito diante do rival paraguaio.

Vanderlei afirmou que o Grêmio tem de aproveitar o bom momento para avançar às quartas da Libertadores. O time tricolor está invicto há 12 partidas na temporada. Nesse período, a equipe comandada por Renato Gaúcho venceu oito jogos seguidos e conseguiu reagir depois de demorar para deslanchar em 2020.

"Sabemos que o time tem encorpado, o elenco é muito forte, estamos bem em todas as competições. Vitórias vão gerando confiança. É importante para gente", disse o goleiro em entrevista coletiva na chegada a Assunção, no Paraguai, local do primeiro duelo entre as equipes.

"Mas não fica de véspera. Temos que mostrar nosso bom momento em campo", ponderou.

SEM ILUSÃO
O jogador falou sobre o momento ruim do Guaraní. O time paraguaio vem mal no campeonato local, no qual é o nono colocado, com oito pontos em sete jogos. Isso, porém, não ilude Vanderlei, que lembrou da boa campanha na fase de grupos do rival e citou o empate sem gols contra o Palmeiras e a eliminação sobre o Corinthians, na fase prévia da Libertadores. Para ele, o adversário, que se classificou na vice-liderança do Grupo B, com 13 pontos, é "cascudo".

Vanderlei não vê favoritismo contra o Guaraní, apesar de bom momento do Grêmio. Foto: Divulgação/ Grêmio
Vanderlei não vê favoritismo contra o Guaraní, apesar de bom momento do Grêmio. Foto: Divulgação/ Grêmio

"A gente vê pela história do Grêmio nos últimos anos, que a gente vem chegando forte na Libertadores, mas dentro de campo é totalmente diferente. O Guaraní não tem pontuação tão boa no Paraguaio, mas começou agora também. É uma equipe muito forte, passou por todas as fases preliminares e pegou uma chave difícil. Vi o jogo com o Palmeiras, empataram em 0 a 0 e impuseram dificuldades. Não foi um jogo fácil. Adversário cascudo. Eles fizeram até mais pontos que nós na primeira fase, eliminaram o Corinthians e têm um bom plantel", analisou.

BOM MOMENTO
Vanderlei chegou ao Grêmio no início de 2020, após defender o Santos por cinco temporadas. Ele passou por um período de instabilidade, mas não demorou para se firmar como titular na meta gremista e hoje vive um bom momento. Contra o Corinthians, o goleiro salvou a equipe da derrota ao fazer uma linda defesa em chute de Fagner. O duelo terminou empatado sem gols.

"Toda defesa para gente é difícil, mas foi uma bola pela linha de fundo que o Fábio Santos cruzou e o Fagner pegou de primeira. Tinha uns jogadores nossos na frente e tive que reagir bem rápido. Mas estamos acostumados com isso, trabalhamos muito nos treinos as questões de reação para que nos jogos possamos estar desempenhando. Fico feliz de poder ajudar não ter tomado gols e que a gente possa manter isso por um tempo".